Meios de pagamento

30% das lojas já aceitam pagamentos contactless

Portugueses cada vez mais familiarizados com novas formas de pagamento

Um terço dos terminais de pagamento em Portugal já permitem o pagamento com cartões contactless, revela a Mastercard. Segundo dados da empresa, o número de cartões contacless ativos triplicou em 2017 face ao período homólogo.

Durante o mesmo período, o número de estabelecimentos e locais que aceitam pagamentos através desta tecnologia duplicou, chegando a cerca de 30% dos terminais nível nacional.

A tecnologia contactless já está disponível em 45 países na Europa, tendo uma presença mais forte na Europa Ocidental. Segundo a Mastercard, atualmente, 30% de todos os cartões contactless do mundo foram emitidos na Europa e 37% dos POS que os aceitam também estão na Europa Ocidental.

De acordo com dados recentes da Mastercard, os pagamentos contacless efetuados através de cartões Mastercard e Maestro duplicaram em 2017 face ao ano anterior, a nível europeu. Também o número de comerciantes que já aceita contactless cresceu 42% face ao ano anterior, equivalendo a 38% do total das transações realizadas em lojas.

Paulo Raposo, diretor-geral da Mastercard em Portugal, explica que “esta forte evolução do contactless está associada a dois vectores fundamentais: por um lado, a adaptação do comerciante e o crescimento do número de locais que aceitam a tecnologia contactless e, por outro, o reconhecimento pelos consumidores dos benefícios que a tecnologia contactless proporciona”.

Para reforçar a adesão à tecnologia, a Mastercard lançou recentemente uma campanha publicitária que tem como objetivo incentivar os consumidores a realizarem pagamentos contactless. Esta iniciativa tem ainda como objetivo angariar fundos para distribuir refeições escolares a crianças em África através do World Food Programme (Programa Alimentar Mundial – WFP). Assim, até ao dia 30 junho, por cada transação contactless que os portadores de cartões Mastercard efetuarem em Portugal, a Mastercard irá doar o valor de uma refeição escolar para o programa, na sequência do compromisso global anunciado pela marca para, durante este ano, angariar mais de 100 milhões de refeições.