Produção

British Airways lança primeira cerveja produzida nos céus

Com a ajuda da tripulação de cabine da British Airways, os fundadores da BrewDog, Martin Dickie e James Watt, começaram o processo de fermentação a bordo de um Boeing 787 Dreamliner, enquanto cruzavam o Norte da Escócia a 500 milhas por hora.

Para iniciar a produção da cerveja artesanal, os especialistas misturaram água, lúpulo e cevada nos recipientes de bordo.

As latas personalizadas da cerveja IPA, intituladas Speedbird 100 na sequência do sinal de chamada da companhia, serão exclusivas aos passageiros da British Airways em voos de curto e longo curso, assim como em lounges selecionados, a partir de 1 de maio.

A receita foi elaborada especificamente para o consumo no ar, ao adaptar-se à sensibilidade reduzida do paladar e do olfato em grandes altitudes.

Hamish McVey, Head of Brand and Marketing da British Airways, afirma: “Estamos muito entusiasmados com a parceria criada com a BrewDog, outra marca Britânica que está empenhada em trazer o melhor do Reino Unido ao mundo. A par do programa de investimento de 6,5 mil milhões de libras, queremos colaborar com os líderes da indústria para garantir que viajar com a British Airways será sempre uma experiência inesquecível. Por esse motivo, esta parceria é fantástica”.

James Watt, cofundador da BrewDog, salienta que “tem sido uma oportunidade incrível fazer parte desta parceria com a British Airways no ano do seu centenário e criar uma nova cerveja para os seus passageiros”.

Martin Dickie, cofundador da BrewDog, acrescenta, por sua vez, que “o elemento chave é a amargura e o sabor das frutas que não são afetados pela altitude. Por essa razão, queríamos jogar com estes dois fatores e reforçar o sabor doce. Esperamos que os passageiros da British Airways gostem da Speedbird 100 tal como nós gostamos”.

Os passageiros poderão assistir à produção da Speedbird 100 no sistema de entretenimento a bordo a partir do mês de julho.