REIMAGINING PACKAGING

O universo da embalagem está no centro da discussão quando se fala de alterações climáticas. Indústria alimentar e bebidas, fabricantes não alimentares e retalho estão a tentar minimizar ao máximo o impacto das diversas embalagens no ambiente.

Os diferentes “Rs” estão na ordem do dia e nunca foi tão urgente consciencializar todos de que este é o único planeta que temos e teremos.

Assim, durante uma tarde, pretendemos reimaginar o packaging nas suas mais diferentes vertentes: desde os materiais utilizados e a utilizar, inovação, comunicação, marketing e segurança alimentar, entre outros.

INSCRIÇÕES EM BREVE

PROGRAMA

Um mundo (des)embalado

A embalagem assume, cada vez mais, um papel preponderante quando se fala de alterações climáticas. Seja o plástico, o papel/cartão, alumínio ou vidro, o foco está na reciclagem, mas também na reutilização e na inovação. Fabricantes, retalhistas, mas também consumidores, terão de ter a consciência de que este é o único planeta que temos e teremos.

 A embalagem como meio de comunicação

A embalagem não é somente algo que tem por função acondicionar um alimento, bebida, produto, etc.. A embalagem é, também e fundamentalmente, um meio de comunicação. Através da embalagem, fabricantes, retalhistas, entidades, associações, poderão comunicar com e para o consumidor, chamando a atenção para, não só o seu produto, mas, também, para as questões relacionadas com o ambiente. Consegue a mensagem por uma embalagem ser disruptiva? O caminho para a consciencialização do consumidor passará pela personalização da própria embalagem?

Os vários “Rs” do packaging

Há muito tempo que especialistas destacam a necessidade de reverter a atual situação vivida em torno da embalagem. Reciclar, reutilizar, reduzir, no fundo, repensar o papel da embalagem no nosso dia-a-dia é, ou melhor, passou a ser fulcral.

Estaremos a apostar nos materiais certos para preservar o nosso planeta? Em vez do plástico, devemos utilizar o papel e ou cartão? O que será feito das nossas florestas no futuro? Necessitamos mesmo de tanta embalagem? Existirão materiais a ser ainda inventados e que poderão dar respostas aos desafios lançados? Será a impressão 3D um dos caminhos? Estarão as “novas embalagens” preparadas para proteger o produto e consumidor? E a segurança alimentar, está garantida? E a sustentabilidade financeira, ficará para 2.º plano?

Estará o consumidor disposto a pagar mais?

Um produto, duas embalagens, dois preços diferentes? Estará o consumidor disposto a pagar mais pelo produto/embalagem mais amiga do ambiente? Será a inovação compreendida pelo consumidor, de forma a “recompensar” essa mesma inovação? Ter embalagens sustentáveis, recicláveis, reutilizáveis para o mesmo produto pode ser razão para aumentar preço? Ate que ponto a amizade pelo clima/ambiente é justificação para aumento de preço?

ORGANIZAÇÃO
FINAL_IFE_new logo

LOCAL

Av. Brasília, Doca de Alcântara (Norte), Lisboa. A entrada do Museu situa-se na fachada virada para a Av.24 de Julho.
Autocarros | 12 – 28 – 714 – 738 – 742  | Eléctricos  | 15E – 18E | Comboios | Linha de Cascais (Estação de Alcântara) *Linha da Azambuja (Alcântara-Terra) * Na estação de Alcântara existe uma passagem subterrânea para peões com saída junto ao Museu.

GPS | X 38º 42′ 09N | Y 9º 10′ 20W   | Estacionamento | Parque público junto ao Museu.

CONTACTOS

Grupo IFE
Av. Liberdade, 144 -3º Dto.
1250-146 Lisboa
Tel.: (00 351) 210 033 800
E-mail: geral@ife.pt

Sales Manager
Sílvia Prestes
Telemóvel: (00 351) 916 193 896
Tel.: (00 351) 210 033 836
E-mail: sprestes@ife.pt

Marketing
Rita Cruz
Tel.: (00 351) 210 033 843
E-mail: rcruz@ife.pt

Diretor Editorial
Victor Jorge
Tel.: (00 351) 210 033 829
Telem.: 914 112 610
E-mail: vjorge@ife.pt

Inscrições/Logística
Ana Paredes
Tel.: (00 351) 210 033 824
E-mail: aparedes@ife.pt