Quantcast
Logística

Black Friday: Parte dos europeus espera receber algum artigo defeituoso ou danificado

Durante o período da Black Friday de 2021, mais de 1,3 mil milhões de euros de artigos vendidos a compradores europeus online deverão chegar danificados. É esta a conclusão do novo estudo da DS Smith, fornecedor de packaging sustentável.

Em comunicado, a empresa informa que mais de dois em cada cinco (44%) europeus planeiam aproveitar as vendas da Black Friday e da Cyber Monday e, desses, 23% esperam receber até 3 artigos com defeito ou danificados. 66% dos compradores afirmam ter já recebido artigos com defeito ou danificados na sequência de encomendas online.

 

A experiência causa “Frustração da Black Friday”, com mais de dois em cada cinco compradores (43%) a afirmarem que os produtos que chegam partidos ou danificados são a consequência mais frustrante de receber uma encomenda. A chegada de uma encomenda danificada afeta os consumidores emocionalmente, deixando os europeus desapontados (45%), irritados (33%) e frustrados (25%).

Quando se trata de devolver artigos, em média, os europeus revelam que os produtos com um valor inferior a 26 euros não merecem o esforço para efetuar a devolução. Entre aqueles que não devolvem artigos danificados, 43% dizem que não vale a pena o incómodo, 41% que devolver custaria tanto quanto pagaram originalmente pelo artigo e 23% que tentariam reparar o produto em casa.

 

No caso de devolverem, 57% dos compradores preferem receber um reembolso, em contraste com os 33% que pedem uma troca. 40% hesitam em comprar a uma marca novamente, caso já tenham recebido produtos danificados da mesma.

O estudo foi realizado pela OnePoll a 8.000 europeus adultos (2.000 no Reino Unido, 2.000 na Alemanha, 1.000 em França, 1.000 na Itália, 1.000 em Espanha e 1.000 na Polónia) em novembro de 2021.