Quantcast
Logística

Mango anuncia investimento de 35 milhões para ampliar centro logístico

Armazém Mango

A Mango, marca de roupa e acessórios, anunciou recentemente que pretende ampliar o seu centro logístico em Barcelona, num projeto que envolve vários milhões de euros.

Segundo anunciado em comunicado, a marca pretende gastar 35 milhões de euros, mas este investimento permitirá poupanças nas despesas de preparação das encomendas online na ordem dos 25%.

“A nova instalação adicionará 90.000 m2 de superfície ao centro, que alcançará um total de 280.000 m2, o equivalente a 40 campos de futebol. Com estes trabalhos, a Mango mantém o calendário previsto apesar da pandemia”, esclarece-se em comunicado.

“A ampliação contempla a incorporação de novos automatismos que complementam as funcionalidades atuais do centro. Neste sentido, a nave contará com um classificador (pouch sorter) que permitirá sequenciar os pedidos e automatizar a gestão das devoluções, muito relevante para o canal online. Também terá robots móveis autónomos (AMR) destinados ao movimento interno do centro, o que garante uma flexibilidade, necessária num ambiente em mudança como o atual. Por fim, junta-se um classificador (shipping sorter) para a gestão das expedições. Com as novas instalações, o centro logístico aumentará a sua capacidade de gestão de peças em até 10.000 peças mais por hora. No total, poderá manipular 85.000 peças/h”, explica-se ainda.

Toni Ruiz, CEO da Mango explica que “o aumento que estamos a viver no e-commerce confirma que projetar esta ampliação foi uma decisão acertada, dado que nos possibilitará automatizar certas tarefas para ser possível dar saída ao volume previsto. Manter os investimentos em projetos estratégicos que nos permitam adiantarmo-nos às necessidades futuras e sermos mais competitivos é prioritário para a empresa”.