- Distribuição Hoje - https://www.distribuicaohoje.com -

Zero Waste World

As necessidades e preocupações das pessoas estão a transformar-se. Atualmente, as empresas encontram consumidores mais exigentes, mais informados e mais conscientes que, se por um lado, procuram mais e melhor; por outro, procuram soluções mais sustentáveis. Esta dualidade desafia as empresas a apresentar formas mais rápidas, fáceis e eficazes de dar resposta à procura exigente, ao mesmo tempo que são pressionadas para reduzir os impactos ambientais da sua atividade.

Este novo paradigma não é uma missão fácil.
Associado ao aumento da procura, que se constitui, em grande medida, pelo crescimento das compras online e de conveniência, está o aumento das necessidades de transporte – o que resulta em três grandes desafios para as empresas: o desperdício, tanto ao nível das embalagens, como da madeira ou da comida; o elevado número de camiões em vazio nas estradas, com o aumento das emissões de CO2 que lhe está associado; e a ineficiência na cadeia de abastecimento, que causa o desperdício económico e de recursos naturais.
Perante esta realidade, as empresas procuram parceiros que possam ajudá-las a encontrar soluções mais inteligentes, eficazes e competitivas para resolver estes desafios.
Reconhecendo as novas necessidades das sociedades e, por sua vez, do tecido empresarial, a CHEP, juntamente com a sua empresa mãe, Brambles, criou o Zero Waste World (um mundo com zero desperdício).

E em que consiste este programa?
O Zero Waste World é uma iniciativa colaborativa que tem como objetivo unir diferentes parceiros para a criação de cadeias de abastecimento mais inteligentes e sustentáveis, que dão resposta aos desafios encontrados e que criam valor tanto para as empresas, como para as próprias comunidades.

A antevisão da pressão legislativa para as empresas reduzirem o desperdício na sua cadeia de valor, e em particular no que respeita às embalagens, exige uma ação célere. Através da colaboração nesta iniciativa, as empresas conseguem encontrar soluções zero waste. Um bom exemplo é o caso do modelo circular de partilha e reutilização da CHEP. O compromisso assumido com este programa ganhou uma nova dimensão quando a CHEP, através da sua expertise e do seu sistema de pooling, aconselhou a Comissão Europeia a incluir as embalagens reutilizáveis na reformulação da legislação europeia sobre o desperdício, embalagens estas que são desenhadas para suportar mais do que uma viagem.

Além disto, no que diz respeito à redução dos quilómetros que os camiões percorrem sem mercadorias, a CHEP oferece soluções de transporte colaborativo, a partir das quais os clientes conseguem partilhar camiões, entre eles e com a CHEP. Esta opção permite aumentar a eficiência do transporte e reduzir os custos e os impactos ambientais associados aos quilómetros em vazio. Desde o início desta iniciativa, já foram evitados 6,6 milhões de quilómetros de viagens de camiões em vazio, permitindo também salvar 1,7 milhões de árvores e reduzir 6,5 milhões de toneladas de emissões de CO2.

Relativamente ao terceiro desafio identificado, é possível ajudar as empresas a diminuir as ineficiências da cadeia de abastecimento, antecipando a procura e, por sua vez, evitar possíveis alterações e interrupções da cadeia, contribuindo igualmente para uma otimização de custos e tempo. A CHEP apoia também as empresas nas cadeias de abastecimento através da redução do manuseamento dos produtos, logística inversa, aperfeiçoamento da visibilidade e rastreabilidade dos produtos, bem como a evitar o manuseamento desnecessário de produtos desnecessários.
O uso de novas tecnologias e dados permite, assim, melhorar a visibilidade dos fluxos de mercadorias, de forma a que as empresas possam tomar melhores decisões. Através do braço digital da Brambles, a BXB Digital, a CHEP trabalha com os clientes para usar os dados dos movimentos de paletes com recurso a IOT para antecipar e evitar interrupções na cadeia de fornecimento. Tal faz com que a CHEP consiga ajudar as empresas líderes a otimizar os seus processos, reduzir os custos e a concentrar-se nos seus principais negócios.

Estes são alguns exemplos de sinergias que podem ser criadas a partir do programa Zero Waste World, uma iniciativa da CHEP, empresa da Brambles, que promete criar valor para as empresas e para o planeta.

Artigo patrocinado por  [1]