- Distribuição Hoje - https://www.distribuicaohoje.com -

E-commerce e Retalho, a ansiada Coligação

charisse kenion m tOoSE unsplash scaled
[vc_section][vc_row][vc_column][vc_column_text]Para exemplificar o tema, conto um episódio que começa em Londres (no Nº 13 da Floral Street, Covent Garden) em uma fila interminável para entrar na pop-up store da marca de cosmética Glossier, fundada em 2014 nos Estados Unidos.

A Glossier nasceu D2C (Direct-to-consumer) e puramente digital, hoje (Dezembro, 2020) conta com mais de 2,7 milhões de seguidores somente no Instagram.

 

Porquê abrir uma loja em Londres?
Visitar a loja online da Glossier é uma autêntica experiência recomendável a qualquer pessoa que trabalha em ecommerce, customer experience, branding ou marketing. Uma página de produto vencedora com um visual marketing que aproxima a experiência do cliente à marca.

Milhares de opiniões de clientes reais e vídeos que torna fácil o cliente adicionar ao carrinho de compra e completar a venda sem nenhum atrito.

 

Apesar disso a estratégia passou por abrir uma loja em Londres, porquê?

O offline, neste caso, não retirou vendas ao e-commerce. Claramente andam de mãos dadas numa estratégia bastante mais evoluída do que discutir a importância de determinado canal de venda.

 

Duas horas de espera para entrar na loja seguidos de longos minutos para as clientes tentarem esquivarem-se uma das outras, encontrar o esperado “el dorado” e pagar a compra num tablet disponibilizado por cada funcionário. Sim, estilo Apple, não havia uma “caixa” para fazer o pagamento.

Como conseguir este burburinho? É o que todas as marcas sonham certo?
É o resultado de juntar uma promoção fantástica, a uma comunidade defensora acérrima e à explosão das influencers, Instagram e mais redes sociais. De notar que a marca é digital, milhares de pessoas compram sem poder sentir o toque do creme.

 

É um exemplo de como as duas realidades (online/offline) se complementam, e que o mais importante para uma marca é a sua reputação online e como está posicionada a marca.

É importante depois claro, coletar informações dos clientes e construir o negócio através das Reviews, e viver para os ratings e avaliações que, se pensarmos bem, é o que faz o sucesso nos hotéis, Cabify, Uber Eats ou restaurantes com estrelas Michelin, só para dar os exemplos mais conhecidos.

Na Opiniões Verificadas, plataforma tecnológica independente, a ideia é recolher milhares de conteúdo dos clientes e animar uma comunidade. Como?

Através de texto, estrelas, reviews, vídeo e um módulo de Perguntas & Respostas.

Estas opiniões, de consumidores 100% reais, vão aparecer no site, página do produto e posteriormente indexadas no Google Ads, Google Shopping, Google My Business, Facebook, Tripadvisor, KuantoKusta etc.[/vc_column_text][vc_row_inner css=”.vc_custom_1609948550988{background-color: #f7f7f7 !important;}”][vc_column_inner width=”1/2″][vc_column_text]

Entre em contacto com a equipa comercial e veja, em números, como as opiniões impactam algumas das maiores marcas mundiais.

[/vc_column_text][/vc_column_inner][vc_column_inner width=”1/2″][vc_single_image image=”95776″ alignment=”center”][vc_column_text]Quer usar o selo Opiniões Verificadas?
andre@opinioes-verificadas.com [1]
www.opinioes-verificadas.com [2]
+351 308 800 548[/vc_column_text][/vc_column_inner][/vc_row_inner][/vc_column][/vc_row][vc_row css=”.vc_custom_1611309084705{margin-top: 25px !important;}”][vc_column][vc_column_text]Este é um artigo  [/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][/vc_section]