Quantcast
Economia

Vendas digitais globais no Natal aumentam 50% face a 2019 e atingem os 1,1 biliões USD

As vendas digitais globais na época do Natal registaram um crescimento de 50% face à temporada de compras homólogo de 2019, traduzindo-se numa das maiores temporadas de compras digitais da época de festas até à data, atingindo um valor de 1,1 biliões de dólares (do inglês trillion), ou seja, cerca de 905 mil milhões de euros, contra os 723 mil milhões de dólares gastos em 2019.

Os dados da Salesforce, revelados no relatório de compras no Natal em 2020, indicam ainda que, durante os cinco dias que antecederam o Natal, as vendas digitais cresceram cerca de 58% durante, apesar dos anteriores cortes de envio.

O uso da modalidade de pagamento a crédito aumentou 109% face ao ano anterior. Os artigos desportivos e para o lar foram as que mais cresceram a nível de receitas (108% em relação a 2019). A Salesforce também nota que “os segmentos de roupa desportiva (35%), calçado (39%), vestuário (40%) tiveram o menor crescimento”.

A empresa afirma que “apesar de os retalhistas terem dado início a descontos e promoções no início de outubro, a maior parte das vendas digitais foi gerada durante a tradicional época de compras deste período festivo”. A Salesforce nota que retalhistas que disponibilizaram opções de recolha fora das lojas, e outras modalidades de entrega, “cresceram quase duas vezes mais rápido do que os concorrentes que não o fizeram”.

Em comunicado, a empresa revela que é esperado que globalmente sejam devolvidos 330 mil milhões de dólares cerca de 30% de todas as compras feitas.