Quantcast
Retalho

Vendas a retalho crescem. Volume de negócios também acelerou

retalho

O Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgou durante os últimos dias os seus mais recentes indicadores sobre o retalho em Portugal.

No que toca às vendas no comércio a retalho registou uma subida de 5,4% em agosto deste ano, sendo que o índice de volume de negócios também acelerou 0,3 pontos percentuais, face ao mês anterior.

 

Segundo o explicado, este aumento verificou-se sobretudo pelo resultado obtido nos produtos não alimentares. Os produtos alimentares apresentaram uma variação negativa de 0,2% – inferior em 0,6 p.p. em relação ao mês anterior; e os produtos não alimentares aceleraram 1,0 p.p., para um crescimento de 9,9%.

 

A variação mensal do índice agregado foi 1,0% em agosto – valor idêntico ao do mês anterior. O índice agregado, em termos nominais, passou de uma taxa de variação homóloga de 15,0% em julho para 14,9% em agosto, evidenciando “efeitos pronunciados do crescimento dos preços”.