Quantcast
retalho

Vendas da Sonae crescem 6,9%

Sonae distinguida pela Comissão Europeia pela aposta na inovação

As vendas conjuntas das unidades de retalho da Sonae cresceram 6,9% face ao ano anterior, beneficiando de vendas na Worten, Sonae MC e Sonae Sports & Fashion. A Worten superou mil milhões de euros de vendas e as operações de e-commerce do retalho já vendem mais de 100 milhões de euros.

As vendas de retalho da Sonae atingiram €5.554 M em 2017, crescendo 6,9% face a 2016, beneficiando do contributo positivo de todas as divisões. Em termos trimestrais, as vendas registaram um aumento de 7,3% face a 2016 para €1.556 M. As vendas online de retalho ultrapassaram os €100 M em 2017, especialmente com a contribuição da Worten, Sonae MC e Salsa.

 

No retalho alimentar, Luís Moutinho, CEO da Sonae MC, afirma: “O ano de 2017 foi, uma vez mais, um ano positivo para a Sonae MC com o contínuo reforço da nossa liderança num ambiente de mercado bastante exigente. Em linha com as nossas expectativas, as vendas cresceram 5,4% quando comparadas com 2016, suportadas quer por um crescimento de vendas no universo comparável de lojas de 1,2%, quer pela contínua expansão das nossas lojas de proximidade, os Continente Bom Dia. O crescimento das vendas no universo comparável de lojas demonstra os resultados de uma proposta de valor mais forte, nomeadamente no que se refere, à melhoria efetiva da qualidade dos perecíveis e consequentemente, à melhoria da respetiva perceção de qualidade, bem como, à perceção de preço, recentemente confirmada pelo último estudo da DECO, no qual a Sonae MC foi, mais uma vez, reconhecida como líder em preço do mercado português”.

Sobre a Worten e a Sonae S&F, Miguel Mota Freitas, CEO destas unidades, afirma: “A Worten terminou um ano particularmente positivo, ao ultrapassar mil milhões de euros de vendas e um crescimento de vendas no universo comparável de lojas próximo dos dois dígitos. Com este desempenho positivo, a Worten conseguiu reforçar a sua quota de mercado em Portugal e em Espanha, quer no canal offline quer no online. A divisão de Sports & Fashion apresentou um crescimento de vendas de 11,7%, com uma contribuição positiva do universo comparável de lojas das marcas de fashion, apesar do impacto negativo das condições climatéricas sentidas no mês de outubro”.

 

Não perca informação: Subscreva as nossas Newsletters

Subscrever