Quantcast
Estudo

Setor da bricolagem em Portugal deverá crescer 5,5% em 2015

bricolagem

A faturação agregada dos estabelecimentos especializados na venda a retalho de artigos de bricolagem no mercado ibérico atingiu os 3235 milhões de euros em 2014, um crescimento de 6,6% face a 2013. De acordo com o estudo da Informa D&B ‘Estabelecimentos de Bricolagem-Mercado Ibérico’, em Portugal, a faturação do setor cresceu 5,8%, situando-se nos 640 milhões de euros, e em 2015 deverá crescer cerca de 5,5%.

O estudo agora divulgado mostra que apesar do comportamento positivo do negócio, em ambos os países “mantém-se a tendências de orientação da procura para artigos de preços mais baixos, fazendo com que as empresas do setor reforcem as campanhas agressivas de descontos e promoções.”

As receitas médias por estabelecimento cresceram em 2014, situando-se nos 4,6 milhões de euros em Espanha e nos 3,7 milhões de euros em Portugal.

“A faturação sectorial nos dois países manterá a curto prazo a sua tendência ascendente, prevendo-se que atinja os 3415 milhões de euros em 2015, valor que representa um aumento de 5,6% face a 2014. Em 2016 espera-se um crescimento semelhante”, indica o estudo da Informa D&B.

O estudo refere ainda que em setembro deste ano, o número de estabelecimentos especializados na venda a retalho de artigos de bricolagem no mercado ibérico era de 745: 575 em Espanha e 170 em Portugal.

Em Portugal, os distritos de Porto e Lisboa concentram 30% dos pontos de venda. Em Espanha, as comunidades autónomas da Catalunha, Comunidade Valenciana, Andaluzia e Madrid concentram metade dos estabelecimentos do país.

Não perca informação: Subscreva as nossas Newsletters

Subscrever