Quantcast
Retalho

Resultados da Amazon abrandam e levam a corte de 10 mil funcionários

A Amazon, tal como outros gigantes mundiais, está a cortar nas despesas face a crescimentos abaixo do esperado relativamente aos resultados financeiros. Neste sentido, avança a imprensa norte-americana que a retalhista está a preparar um corte radical na sua massa de colaboradores.

Segundo o explicado, a empresa estima dispensar 10 mil funcionários, fruto do crescimento na pandemia e depois de uma desaceleração dos seus resultados financeiros. Este despedimento representa, na prática, uma redução de 3% em termos de força laboral da gigante norte-americana e 1% do total de funcionários, sem que a grande maioria tem contratos à hora.

 

O corte de pessoal a operar visará, na sua maioria, a área de retalho, na organização dos dispositivos – onde se inclui a assistente de voz Alexa – e no departamento de recursos humanos.