Quantcast
Retalho

“Respira-se uma competitividade fresca e saudável no retalho e quem mais beneficia é o consumidor”

“Respira-se uma competitividade fresca e saudável no retalho e quem mais beneficia é o consumidor”
Se os últimos dois anos e meio, por força da crise pandémica, foram um teste de resiliência às empresas do retalho, os próximos tempos também não se adivinham fáceis, perante a escalada dos preços, alerta o diretor-geral da Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED). Em entrevista, Gonçalo Lobo Xavier fala sobre a evolução deste setor, a sustentabilidade ambiental e o futuro, mas também deixa um recado ao Governo, pedindo um desagravamento dos impostos. Como evoluiu o setor do retalho…

Artigo exclusivo para utilizadores registados

É necessário iniciar sessão para ter acesso ao artigo completo

Inicie sessão .