Social Media

Rapidez das respostas nas redes sociais fideliza Millennials

Rapidez das respostas nas redes sociais fidelizam Millenials

De acordo com um novo estudo, uma forte presença nas redes sociais é uma grande parte da equação de fidelização para os Millennials – e não ter uma presença responsive nos social media pode até resultar em perda de vendas.

O estudo da Harris Insights revela que mais de 43% dos Millennials referiram que considerariam comprar noutro retalhista, se aquele com quem estão a envolver não tiver uma página de social media para dar feedback. Estes dados comparam com 21% dos adultos com mais de 45 anos.

66% dos Millennials admitiram que a velocidade com que uma empresa responde nas redes socias afetaria a sua fidelidade à marca e 72% disseram que seriam mais leais a uma marca que responde ao feedback dos social media.

Uma expectativa geracional para um atendimento ao cliente rápido e responsive nas redes sociais faz sentido à luz de outras grandes tendências recentes no retalho. Mais recentemente, a “obsessão do cliente” da Amazon desempenhou um papel importante na reformulação do que os clientes esperam das suas interações com os retalhistas no que concerne as respostas às reclamações.

E com mais pessoas nas redes sociais do que nunca durante 2018, de acordo com o estudo, estar disponível nas redes é estar disponível diretamente onde os clientes já estão.

Mas onde os consumidores estão a procurar exatamente pode mudar. Embora os Millennials ainda sejam encontrados no Facebook e no Twitter, as gerações mais jovens não estão tão interessadas nas plataformas sociais dos irmãos mais velhos e dos pais.

No momento, a “Geração Z” está a optar por usar formas mais visuais de social media como Instagram e Snapchat, avança um estudo da Criteo.