Prémios AHRESP 2017

E os melhores da restauração e da hotelaria são…

Os vencedores da terceira edição dos Prémios AHRESP, iniciativa que todos os anos distingue o que de melhor se faz nos setores do Turismo, Hotelaria e Restauração, foram conhecidos na passada semana, numa gala que se realizou no Pavilhão Carlos Lopes, em Lisboa.

Entre as oito categorias votadas pelo público, os vencedores foram: na categoria de Conceito/Marca, o Mundo Fantástico da Sardinha Portuguesa; na categoria de Contributo para a Defesa da Gastronomia como Património Nacional, o Douro Royal Valley, Hotel & Spa; na categoria de Programa de Divulgação de Oferta Turística, o programa ‘Ir é o Melhor Remédio’ da SIC com a jornalista Teresa Conceição; na categoria de Projeto de Solidariedade, a Fundação Infantil Ronald McDonald que oferece apoio gratuito aos familiares das crianças que se deslocam para acompanhar um tratamento prolongado no Centro Hospitalar de Lisboa Central; na categoria de Jovem Empresário / Empreendedor do Ano, o chef José Avillez com o Bairro do Avillez; na categoria Produto ou Serviço do Ano / Parceiro do Ano, o Pestana CR7 Lifestyle Hotel; na categoria de Entidade Regional de Turismo, o Turismo do Porto e Norte; na categoria de Sustentabilidade Ambiental, o Pedras Salgadas Spa & Nature Park; e na categoria de Blogger do Ano, a blogger Joana Batista, com o ‘Viajar em Família’.

O evento culminou com a entrega de quatro distinções de prestígio, prémios que reconhecem o legado de personalidades de renome das áreas em destaque e que são escolhidos pela Comissão de Honra: o Prémio Excelência foi para Fernando Santos, selecionador nacional de futebol; o Prémio Carreira foi entregue a Ernesto Santos, proprietário do Balcão do Marquês desde 1980; o troféu de Personalidade do Ano foi para Mário Ferreira, presidente do grupo Mystic Invest; e a distinção ‘Portugueses Lá Fora’, foi para o Chef George Mendes, chef e proprietário do ‘Rustic Portuguese Lupulo’ e do ‘Aldea’, em Nova Iorque.