Quantcast
Retalho

No primeiro semestre, FNAC só cresceu em Portugal e Espanha

A FNAC Darty anunciou ter faturado 306 milhões de euros na Península Ibérica durante o primeiro semestre de 2022, representando este valor um aumento de 7,1% em relação ao mesmo período do ano passado. Em termos comparativos, as vendas em Espanha e Portugal aumentam 6,2% na contabilização ano-a-ano.

Em termos trimestrais, a FNAC registou receitas de 148 milhões de euros em termos ibéricos, o que representa um crescimento de 5,6% quando comparados com os meses de abril a junho do ano passado (+4,9% em valores like-for-like).

 

“Todas as categorias de produtos contribuíram para o sólido crescimento em Espanha e Portugal, com destaque para livros, telefones, fotografia e som, bem como serviços que registaram uma forte recuperação num ambiente que continua a ser altamente competitivo, nomeadamente em Espanha”, explica a multinacional francesa.

Avaliando o comportamento global do grupo, o volume de negócios no primeiro semestre do ano atingiu 3.428 milhões de euros, o que equivale a um decréscimo de 1,2% face ao ano anterior, com uma queda nas vendas comparáveis ​​de 1,7%.