Quantcast
Retalho

Nestlé regista 711 milhões de euros em volume de negócios e cresce 5,5% em 2023

Nestlé regista 711 milhões de euros em volume de negócios e cresce 5,5% em 2023 Direitos Reservados

No ano em que completa 100 anos em território nacional, o volume de negócios da Nestlé Portugal atingiu os 711 milhões de euros, mais 34 milhões de euros face a 2022, o que representa um crescimento de 5,5%, tendo criado 110 novos postos de trabalho, anunciou a empresa em comunicado de imprensa.

Para a Nestlé, os resultados obtidos foram liderados pelo crescimento das vendas locais, com uma subida de 7,5%. Relativamente às exportações, que representaram 59% do total da produção em Portugal, ascenderam aos 134 milhões de euros em 2023, “a partir das duas fábricas em Avanca e Porto”.

 

De acordo com a empresa, o total de investimento situou-se nos 72 milhões de euros, com 51 milhões dedicados ao apoio de atividades ligadas ao marketing e à comunicação e 21 milhões alocados a operações.

No final de 2023, a Nestlé registava uma quota de mercado de 32%, tendo salientado que a sua prioridade passou por “defender a sua forte presença no mercado”. Para isso, a filial portuguesa afirmar ter aumentado “estrategicamente o investimento nas suas marcas em comparação com o ano anterior, com o objetivo de reforçar a competitividade e voltar a aumentar a sua quota de mercado em 2024”.

 

“Em 2023, enfrentámos desafios económicos e sociais substanciais, mantendo os nossos investimentos em inovação, empregabilidade e sustentabilidade. Estamos satisfeitos pelos resultados alcançados que nos permitem manter uma forte posição competitiva no mercado. Continuaremos a liderar com responsabilidade e empenho, construindo um futuro melhor para todos”, afirmou Anna Lenz, Diretora-Geral da Nestlé Portugal.

No ano passado, a empresa avança ter comprado localmente mais de 60% das suas necessidades totais de matérias-primas, materiais de embalagem e serviços, tendo a lista de fornecedores mais de 900 empresas nacionais, enfatiza a Nestlé em comunicado.

 

A filial portuguesa diz ainda ter reforçado a sua posição como entidade prestadora de serviços a nível internacional na área do marketing digital e de supply chain. Tanto a Nestlé Business Services (Centro de Serviços Partilhados) como a Nespresso Supply Chain Hub atingiram, respetivamente, os 650 e os 100 colaboradores no final do ano.

Em 2023, a Nestlé adianta ter feito a primeira colheita de trigo produzido no âmbito do projeto de agricultura regenerativa desenvolvido com cinco agricultores do Alentejo (cerca de 20% dos agricultores que fornecem trigo para nutrição infantil em Portugal) e que pretende alargar o projeto a dez agricultores e 1000 hectares em 2023/2024.

 

A Nestlé Portugal encerrou 2023 com 2.594 colaboradores, o que representou um crescimento de 110 novos postos de trabalho comparativamente ao ano anterior.

Bebidas de Cereais da Nestlé recebem selo da Associação Portuguesa de Nutrição

Não perca informação: Subscreva as nossas Newsletters

Subscrever