Inovação

Líderes europeus pedem reforço de investimento em investigação e inovação

Líderes europeus pedem reforço de investimento em investigação e inovação

Prémios Nobel, cientistas galardoados e mais de 40 líderes das maiores empresas europeias juntaram-se para assinar uma carta conjunta dirigida aos governos dos países da União Europeia a pedir o seu apoio para tornar a investigação e a inovação num investimento prioritário. Paulo Azevedo, Co-CEO da Sonae, foi um dos signatários desta carta.

Numa nota enviada às redações, a Sonae explica que “a missiva surge em antecipação ao Conselho Europeu de dezembro, onde os Chefes de Estado e de Governo da União Europeia (UE) irão debater o próximo quadro financeiro plurianual, que deverá ser implementado entre 2021 e 2027.”

Na carta conjunta pode ler-se que num relatório de 2017 da Comissão Europeia se apelava a uma duplicação do investimento em investigação e inovação, com um mínimo de 120 mil milhões de euros de financiamento.

Paulo Azevedo, Chairman & Co-CEO da Sonae, sublinha que “é muito importante que a sociedade e as empresas se unam na defesa daquilo que é verdadeiramente diferenciador para o futuro: a geração de conhecimento. Só assim a UE poderá prosperar e criar quantidades crescentes de emprego da qualidade que todos desejamos”.