Quantcast
Tecnologia

Como está a aplicação da IA no retalho?

IA retalho

A Inteligência Artificial (IA) no retalho limita-se a trabalhar dados para ajustar a relação com cliente ou já estamos a evoluir para áreas mais operacionais, com os robots a monitorizar stocks e prateleiras de supermercado? E como é que IA está a ser aplicada pelos principais retalhistas portugueses? Estas são algumas das questões que estarão em reflexão no FórumIA- Inteligência Artificial em Portugal, organizado pelo Programa INCoDe.2030, com o tema “Inteligência Artificial no Setor do Retalho” e que decorre esta manhã, de forma digital. Sonae MC e Jerónimo Martins são as empresas que representam o retalho alimentar nesta conferência e irão explicar como esta tecnologia pode agilizar processos e melhorar o desempenho das empresas.

Nuno Feixa Rodrigues, Coordenador Geral do Programa INCoDe.2030, explicou à DISTRIBUIÇÃO HOJE que a ideia é desconstruir a ideia de IA, que muitas vezes é utilizada “sem se saber muito bem como se materializa”.

“As interações pelos meios digitais aumentaram muito a capacidade de utilização destas técnicas. Veja que os cartões de compras já não são necessários a partir do momento em que as pessoas começaram a comprar online”. Para este coordenador, já existem exemplos interessantes de IA aplicada ao retalho, desde o check-out de compras sem caixa, até à componente logística, quer no controlo de stocks quer na eficiência do transporte.

Nuno Feixo Rodrigues revela ainda que as empresas vão enfrentar um enorme desafio com necessidade de capacitar os recursos humanos para trabalhar com tecnologia cada vez mais sofisticada: “Todos os estudos apontam para o grande impacto na empregabilidade, não pela substituição de pessoas por robots, mas pela dificuldade em reciclar pessoas pouco qualificadas ou de idade avançada para estas novas tarefas”.

Esta será a primeira de um ciclo de sessões que irão realizar-se ao longo do ano, onde se procurará conhecer, compreender e aprender com os desenvolvimentos da investigação e inovação da Inteligência Artificial (IA) em Portugal.

O evento é gratuito, com inscrição prévia, através do site do Programa INCoDe.2030 (https://www.incode2030.gov.pt/).