Quantcast
 

Click & collect é um dos maiores desafios dos operadores logísticos

Drive: uma tendência para a Distribuição em Portugal?

O Click & collect tem vindo a ser adotado por cada vez mais retalhistas, levando muitos operadores logísticos a terem que se adaptar a um ritmo de trabalho mais exigente. De acordo com a Warehouse & Logistics News, as opções de recolha de compras efetuadas online em parques de estacionamento, lojas locais e armazéns que funcionam durante 24 horas estão a levar a uma revolução no setor da logística e dos transportes.

De acordo com o website, a retalhista britânica Waitrose é uma das que está mais evoluída nesta revolução. A empresa já possui armazéns refrigerados no aeroporto londrino de Gatwick, permitindo assim aos seus clientes encomendar online enquanto esperam por um voo e recolher as suas compras à chegada ao aeroporto depois da viagem.

“Os consumidores já podem comprar quando querem, recolher onde querem e de qualquer loja que desejem, mas a cadeia de abastecimento destes retalhistas tem que estar preparada para agir na hora. A pressão é enorme para que estas empresas sejam cada vez mais rápidas e ágeis”, explica Darrel Williams, Diretor Regional para a Europa do Norte e África do Sul da Honeywell Vocollect Solutions.

De acordo com o Planet Retail, neste momento cerca de dois terços dos 50 maiores retalhistas presentes no Reino Unido já oferecem serviços Click&Collect. A previsão é de que este número duplique até 2017.