Quantcast
Retalho

Centros comerciais geridos pela Sonae Sierra garantem segurança, diz Lloyd´s Register

Sonae Sierra investe 8 milhões na renovação do Centro Vasco da Gama

A Sonae Sierra recebeu uma declaração da auditora Lloyd’s Register que atesta que os centros comerciais geridos pela empresa minimizam o risco de transmissão do novo coronavírus.

A auditoria concluiu pela conformidade da estrutura e planeamento do sistema de gestão integrado de ambiente, saúde e segurança da Sonae Sierra – aplicado em todos os centros geridos pela empresa – com os requisitos específicos da Certificação de Segurança & Saúde OHSAS 18001:2007 no que respeita as normas legais e regulamentares para conter a pandemia SARS-CoV-2 (COVID-19).

Fernando Guedes de Oliveira, CEO da Sonae Sierra, destaca que “a segurança e o bem-estar dos nossos visitantes, lojistas, prestadores de serviços e colaboradores são, desde sempre, a nossa prioridade. Mesmo antes desta crise de saúde sem precedentes, já estávamos preparados para responder a situações de pandemia. Esta auditoria veio comprovar que os centros comerciais que gerimos implementam todas as medidas necessárias para impedir a propagação do novo coronavírus”.

Durante o estado de emergência, os centros geridos pela Sonae Sierra mantiveram-se abertos, de modo a permitir às populações o acesso a bens e serviços essenciais, e estão preparados para retomar o seu normal funcionamento, com todas as lojas abertas, no dia 1 de junho.

Além de cumprirem todas as medidas de prevenção e contenção estabelecidas pelas autoridades de saúde para controlo da COVID-19, os centros comerciais geridos pela Sonae Sierra adotam várias outras medidas como, por exemplo, instalação de dispensadores de gel desinfetante em todas as entradas dos centros e em locais de maior afluência ou passagem, como casas de banho e fraldários; instalação, nas escadas rolantes dos centros, de um equipamento de desinfeção automática dos corrimãos, através de raios UV, que permitirá aos nossos clientes a utilização em segurança, de forma contínua, do referido equipamento; ou reforço das equipas de limpeza para garantir uma maior frequência de limpeza e desinfeção das superfícies com maior utilização, entre outras.