Quantcast
Retalho

AHRESP contra proibição de venda de bebidas em ‘takeaway’

iStock  e

A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) defende, em comunicado, que a proibição de venda de bebidas em regime takeaway é injustificada.

Para a Associação “ a venda de bebidas propriamente dita não representa qualquer risco acrescido, pelo que a AHRESP defende que seja revogada esta medida, uma vez que o que se quer prevenir é o consumo de produtos à porta do estabelecimento ou nas suas imediações, e não a venda, que apenas vai prejudicar a já difícil situação dos estabelecimentos”.

A AHRESP anunciou que está a questionar a tutela sobre o caso de estabelecimentos que funcionam com menus (com bebida já incluída no preço) e outras questões.

No mesmo comunicado, a AHRESP ressalva que o desemprego no Alojamento, Restauração e Similares subiu 57,7% em dezembro, face a 2019. Os dados são da Informação Mensal do Mercado de Emprego, divulgada pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), nota a Associação.

Além disso, a Associação nota que elaborou um documento síntese com todos os apoios e financiamentos para este ano, que está disponível no site.