Retalho

“A omnicanalidade será, porventura, uma das formas mais importantes do comércio moderno gerar valor acrescentado aos consumidores”

“A omnicanalidade será, porventura, uma das formas mais importantes do comércio moderno gerar valor acrescentado aos consumidores”

Primeiro era o canal. Depois passou-se para o multicanal. Atualmente, qualquer estratégia terá de assumir um papel omnicanal, de modo a ir ao encontro do cliente/consumidor. Este é precisamente o tema que estará subjacente nos dois dias do Omnichannel Retail Show’19 e a DISTRIBUIÇÃO HOJE entrevistou Margarida Bago, Exhibitions Manager do evento.

Tudo gira à volta do consumidor. Ou melhor, o importante é disponibilizar ao cliente/consumidor uma experiência de compra completa e de qualidade, independentemente de este escolher fazer as suas compras pela Internet, numa loja física, smartphone, tablet, em Lisboa, Nova Iorque, Cidade do Cabo ou Pequim. Isto é, estar onde, quando, como o cliente/consumidor desejar, além de assegurar que o produto chega o mais rapidamente possível. Ladies and gentleman, this is being omnichannel!

A estratégia Omnichannel baseia-se no uso simultâneo e interligado de diferentes canais de comunicação. Existia necessidade de criar esta feira no calendário da FIL?
No papel que a define, a FIL tem necessidade de realçar o que de melhor se faz em cada setor e principalmente em Portugal para consumo interno e para exportação, bem como os fenómenos que acontecem por via das marcas internacionais presentes no país.

De entre os novos projetos apelidados de startup da FIL, os da área da tecnologia e inovação estão em franca expansão, cabendo o Omnichannel Retail Show’19 (ORS’19) inteiramente nesta definição, porquanto realça por um lado o que de melhor existe na Indústria 4.0 e, por outro, a vertente económico-social do consumer experience.

Do horizonte especulativo que reflete sobre o futuro das profissões do retalho e a robotização dos processos, ou o fascínio do e-commerce quando a cybersecurity é tema, sem marginalizar a revitalização do comércio urbano numa ótica sustentável de smart cities.

A questão é mais, como poderia deixar de o fazer?

Esta é possivelmente a única feira em Portugal com esta temática [omnicanal] concreta. De onde surgiu a ideia?
A ideia surgiu da convicção que o futuro será omnicanal, isto é, assentará na integração de todos os canais de distribuição, físicos e digitais, que hoje existem e que as empresas cada vez mais utilizam nas suas cadeias de valor. E, nestas novas cadeias de valor do consumidor, a omnicanalidade será, porventura, o modo natural e normal deste século e uma das formas mais importantes de o comércio moderno gerar valor acrescentado aos consumidores.

O target e o que esperar
Como está organizado, de forma sucinta, o ORS’19?
O ORS’19, enquanto evento de transferência de conhecimento, assenta no princípio do netwoorking, pelo que foi pensado num total de 15 diferentes formas de envolvimento para todo o tipo de gostos e necessidades de transmissão de saberes ou criação de leads.

“A omnicanalidade será, porventura, uma das formas mais importantes do comércio moderno gerar valor acrescentado aos consumidores” No total projetámos para que venha a ocorrer um evento composto por 2 grandes conferências, 20 painéis, 65 oradores, 40 startups e pitch, 10 mesas de consultoria, 2 apresentações de estudos e 20 business lunch tables, para esta primeira edição de um evento único dedicado ao Retail na Era da Omnicanalidade.

Qual é o principal target do evento?
Pretende-se chegar a todas as empresas que já desenvolvem e àquelas que num futuro próximo pretendem fundir o mundo físico e o digital e iniciar estratégias omnicanal, envolvendo necessariamente todas as empresas prestadoras de serviços que poderão facilitar e implementar na prática estratégias omnichannel.

O que pode esperar o visitante profissional do ORS’19?
O visitante deste evento encontrará por um lado, espaços de debate e visões do futuro dos negócios, isto é, uma componente didática e teórica sobre o tema e, por outro, a oportunidade de contactar diretamente com as empresas e os profissionais que já estão a implementar ou podem ajudar a implementar estratégias omnichannel.

Hoje, cada vez mais, as empresas têm de acrescentar efetivo valor aos produtos que vendem e aos serviços que prestam no decurso da sua atividade, nomeadamente, os seus produtos, processos e pessoas, que melhorem a relação de proximidade com o consumidor, que assentem em mais informação e inovação, que contribuam para o desenvolvimento logístico e a racionalidade de processos, que utilizem novas tecnologias e facilitem a integração da cadeia de valor. E para tal, conhecer as estratégias e ferramentas omnicanal será fundamental.

O que ouvir e ver
As conferências são parte importante deste evento. Que conhecimentos considera que o target do ORS’19 pretende obter?
Em qualquer empresa ou negócio é sempre necessário que, em certos momentos, os seus profissionais deixem a rotina diária das suas operações e dediquem algum tempo a observar, ouvir e refletir sobre aquilo que de mais avançado se faz no seu país e no mundo. Ora, as conferências pretendem exatamente proporcionar aos profissionais a oportunidade de obter essa valiosa informação sem terem necessidade de a procurar lá fora, estabelecer contactos e vivenciar novas experiências profissionais.

Estarão presentes alguns oradores internacionais. Pode enumerar alguns?
Estamos a contar com várias entidades internacionais ligados ao tema, que conseguimos identificar nos vários painéis e muitos outros que ainda estamos a confirmar. No site do omnichannel pode consultar-se um vasto conjunto de personalidades que presenteiam o evento com o seu conhecimento, representando marcas e empresas mundialmente conhecidas.

Convido a essa visita pelo separador speakers do nosso site, podendo ver quem-é-quem no panorama nacional e internacional e que tópicos são defendidos no conjunto dos 20 temas que nos propomos abordar, além das inúmeras mesas temáticas, pitch de startup ligados ao sector, investidores e mostra tecnológica, que estão presentes para ações de networking.

Quais as conferências que pela importância dos seus temas ou qualidade dos oradores gostaria de realçar?
De entre as inúmeras conferências que integram o Omnichannel Retail Show chamaria a atenção para a 1.ª Conferencia Omnichannel e 7.ª conferencia Fórum do Consumo e Digital Marketeers que se realiza no dia 26 de março e é constituída por painéis temáticos que qualquer profissional não poderá perder, nomeadamente, a Experiência de Compra Digital, os Seamless meios de pagamento, o Blockchain e os Marketplace.

“A omnicanalidade será, porventura, uma das formas mais importantes do comércio moderno gerar valor acrescentado aos consumidores”

É correto dizer que Portugal ainda precisa de percorrer um longo caminho para se equiparar ao nível de omnicalidade de outros países?
Sim, se compararmos Portugal com a China ou os EUA. Não, se a comparação for feita com a generalidade dos países europeus. Mas mil quilómetros começam com um passo e esse passo já está a ser dado por algumas empresas portuguesas, nomeadamente, e apenas a título de exemplo, a Sonae e a FNAC.

Mas não só as empresas que implementam os modelos de negócio e adotam as tecnologias, pois todos nós temos um papel na mudança deste paradigma, desde os governantes, através das suas políticas públicas aos consumidores, a quem cabe a decisão de escolher os canais através dos quais pretende adquirir os produtos que necessita.

Algumas empresas portuguesas presentes no evento são exemplos de estratégias Omnichannel que são casos de sucesso. Quais?
Posso adiantar que nestes dois dias, em março, estarão no evento uma boa quantidade de profissionais e empresas que são exemplos nacionais e internacionais de expertise de omnicanalidade, com provas dadas quer na criação de produto, serviço ou tecnologia pela implementação da omnicanalidade em toda a supply chain e no seu efeito junto do consumidor final.

O lema deste evento é “Check in to the Future” porque, não obstante a omnicanalidade designar uma série de alterações já executadas ou em curso, estamos a reunir todos os players que tendo algo de novo, nos propõem já viajar até aos próximos desafios.

O networking é actualmente de extrema importância para qualquer negócio. O Omnichannel 2019 é, ele próprio, um evento que funcionará à base do networking. Quais são os resultados práticos que se pretende obter no final do evento?
Pretende-se que os profissionais que têm serviços e produtos para vender e os profissionais que necessitam desses serviços ou produtos para comprar se conheçam, conversem e façam os seus respetivos negócios e atinjam os seus objetivos comerciais.