BGC

Patricia Daimiel assume a direção-geral da Nielsen Ibéria

Patricia Daimiel assume a direção-geral da Nielsen Ibéria

Patricia Daimiel é a nova diretora-geral da Nielsen para Espanha e Portugal. Com um percurso de quase duas décadas na empresa, ocupava a posição de diretora-geral da área de Inovação desde princípios de 2018, passando, agora, a liderar esta nova etapa da empresa, que, para além dos dados e das tendências, focar-se-á também na tecnologia e em soluções para dar resposta aos desafios do mercado dos Bens de Grande Consumo (BGC), numa era em que já não se trata apenas de ser grande e poderoso, mas também de ser rápido e ágil.

Patricia Daimiel, licenciada em Ciências Empresariais e em Investigação e Técnicas de Mercado pela Universidade Autónoma de Madrid (UAM), começou o seu percurso na Nielsen em 2001, estando especialmente vinculada à área de Inovação e comprometida com os movimentos Women in Nielsen e PRIDE, com o objetivo de fomentar a igualdade para as mulheres e para a comunidade LGTBI+.

Esta nomeação coincide também com a recente simplificação da estrutura da Nielsen, que agora está segmentada em duas unidades de negócio estabelecidas para acelerar os processos e melhorar a prestação de serviços. Estes dois segmentos, Nielsen Global Media e Nielsen Global Connect, agrupam as soluções de audiências e consumo, respetivamente.

O principal objetivo da nova responsável pelo mercado Ibérico será o de posicionar a Nielsen no centro das mudanças tecnológicas a que temos assistido em vários mercados. A Nielsen, com as suas soluções baseadas em Inteligência Artificial (IA), Machine Learning (ML) e Big Data, será quem vai acompanhar a indústria e a distribuição nesta era tecnológica em que surge a necessidade de conhecer, analisar, e especialmente antecipar o comportamento de compra de cada um dos consumidores, os seus momentos de consumo e as suas preocupações, e qual a melhor forma de os surpreender.

Segundo a nova diretora-geral da Nielsen Espanha e Portugal, “as oportunidades de crescimento estão em entender as circunstâncias pessoais de cada consumidor”. Por essa razão, Patricia Daimiel conclui que “é importante apostar na qualidade dos dados, na capacidade de análise e na oferta das melhores soluções tecnológicas para que cada negócio tenha toda a informação e tome decisões em tempo real em toda a cadeia de valor, desde a logística até ao ato de compra, passando por preços, promoções, etc.”.