Retalho

Grupo Ibersol reabre restaurantes por todo o país

A Burger King ibérica assinou esta semana um acordo com a Ibersol no qual assume o compromisso de abrir 40 novos restaurantes Burger King em Portugal e Espanha

Acompanhando o rigoroso cumprimento das deliberações do Governo Português e as orientações da Direção-Geral da Saúde (DGS), o Grupo Ibersol iniciou um programa de reabertura gradual dos seus restaurantes, à medida que o enquadramento legal e a procura o permitem.

Até agora os restaurantes do Grupo, nomeadamente Burger King, KFC, Pans e Pizza Hut têm estado a funcionar com limitações na sua oferta e encontravam-se todos impossibilitados de proceder a vendas para consumo no local, estando a sua atividade centrada no serviço de take away e entrega ao domicílio, aplicando os procedimentos de segurança como o protocolo de Transação Segura no Delivery.

Seguindo as indicações do Governo o Grupo Ibersol prepara-se para iniciar a reabertura gradual do serviço para consumo no local dos seus restaurantes das marcas Burger King, KFC, Pans, Pizza Hut entre outras marcas, um pouco por todo o país.

Estas reaberturas estão a ser programadas aplicando um “rigoroso plano de segurança que compreende vários eixos de ação”, segundo o grupo, e onde se destacam as seguintes medidas de comportamento de colaboradores, medidas do serviço de sala e ainda relacionadas com os clientes.

As medidas relacionadas com os colaboradores preveem o reforço das medidas de higiene das mãos e etiqueta respiratória; utilização obrigatória de máscaras por todos os colaboradores; reforço em algumas funções da utilização de viseiras individuais; reforço em alguns postos de trabalho com a aplicação de barreiras acrílicas; utilização de luvas em algumas funções dos restaurantes; controlo diário de temperatura e reforço da formação no âmbito das boas práticas sobre a covid-19.

Em relação ao serviço em sala foi determinada a redução da lotação dos restaurantes, cumprindo o distanciamento físico e disposição de mesas recomendados pela DGS; disponibilização de espaços de serviço em esplanadas; colocação dos utensílios de serviço de mesa na presença do cliente; acesso a ementas digitais e pedido do cliente por QR Code e outros suportes digitais; garantia de boa ventilação e renovação frequente de ar nas áreas do restaurante, quer através da abertura de portas e janelas e ainda reforço da desinfeção e limpeza de todos os equipamentos.

Para os clientes, é disponibilizada uma solução para higienização de mãos à entrada dos restaurantes; previligia-se o pagamento através de meios que não impliquem contato físico entre o colaborador e o cliente, nomeadamente através de terminais de pagamento automático; alédam  identificação de circuitos de circulação nos restaurantes e de sinalética que informe e estimule ao cumprimento e adoção de medidas de distanciamento social.

Todos os restaurantes do Grupo Ibersol localizados em Centros Comerciais estão a articular as suas medidas de reforço de segurança com os espaços onde se inserem, nomeadamente, através da adequação do serviço às medidas de segurança necessárias para a utilização das praças de restauração.

Por se tratar de um processo de reabertura gradual dos restaurantes os volumes de vendas estão substancialmente abaixo dos padrões normais registados em períodos homólogos, pelo que grupo procedeu à renovação do processo de layoff, como medida excecional e temporária de proteção dos postos de trabalho em algumas participadas por mais 30 dias. No entanto, reduziu o número de colaboradores subordinados a esta mesma medida.