Quantcast
Sustentabilidade

Checkpoint Systems e Maje lançam etiquetas sustentáveis

etiqueta 100% organica

A Checkpoint Systems – empresa de soluções de tecnologia para o retalho – anunciou hoje (28 de outubro) a colaboração com o retalhista de moda francês Maje, de forma conseguir cumprir o seu compromisso de cuidar o planeta, através da distribuição de uma nova gama de etiquetas sustentáveis, fabricadas em poliéster reciclado.

A Maje, que pertence ao grupo SMCP, assinou, no ano passado, o Pacto da Moda, uma coligação mundial de empresas do setor da moda e do têxtil comprometidas com a redução do seu impacto ambiental. Isto inclui três objetivos fundamentais: deter o aquecimento global, restaurar a biodiversidade e proteger os oceanos.

Em comunicado, a Checkpoint Systems refere que “as novas etiquetas de tecido […] com as indicações do cuidado do produto são sustentáveis, uma vez que são de poliéster reciclado e são fabricadas em cinco lugares diferentes no mundo, Turquia, Índia, China, Tunes e Bulgária”. Mas a empresa esclareque que “em todas as localizações utilizam-se as mesmas matérias-primas, técnicas de impressão e controlo de qualidade para garantir um produto sustentável com uma identidade de marca uniforme, que oferece consistência em todos os formatos do produto”.

Quanto a esta aliança, o diretor de produção da MAJE, Jean Loez, refere que a marca escolheu a Checkpoint como sócio “pela complexidade da etiquetagem”, uma vez que, atualmente, “devido às nossas novas lojas internacionais e às normas legais que seguimos, utilizamos 24 idiomas diferentes”.

“A Checkpoint Systems está a ajudar-nos a gerir o processo de etiquetagem de forma automatizada, criando o desenho de forma instantânea para que a produção possa começar imediatamente. Na SMCP temos ciclos de negócios ágeis, pelo que as nossas etiquetas devem ser produzidas no menor tempo possível e em fábricas situadas perto das nossas instalações de produção. Isto ajuda a reducir o custo de transporte, o tempo de entrega e minimiza o impacto da pegada de carbono”, explica Jean Loez.

Por sua vez, Miguel-Ángel Guilló, general manager da Checkpoint ALS Europa e Marrocos, revela estar “encantado” com a possibilidade “de lhes distribuir uma nova etiqueta de cuidado sustentável que ajuda a empresa a cumprir os objetivos do Pacto da Moda”.