- Distribuição Hoje - https://www.distribuicaohoje.com -

C&A reforça plano de sustentabilidade

C&A premiada pela utilização de materiais sustentáveis

A C&A implementou a utilização de algodão e fibras celulósicas mais sustentáveis, no âmbito do seu compromisso com o meio ambiente, e conseguiu uma redução de 116 mil toneladas métricas de emissões de gases de efeito estufa na sua cadeia de abastecimento, em 2019.

No ano passado, a marca poupou quase 1 100 mil milhões de metros cúbicos de água, o equivalente a 440 000 piscinas olímpicas, devido às mudanças realizadas na cadeia de produção e de abastecimento, revelam os resultados detalhados no novo Relatório de Sustentabilidade Global da C&A [1].

Em comunicado enviado às redações, Aleix Busquets Gonzalez, global head of sustainability da C&A, refere que “iniciámos este caminho promovendo o uso de algodão mais sustentável, que é o material com que mais trabalhamos, e continuamos a aplicar tudo o que aprendemos ao longo dos anos para desenvolver melhores práticas e introduzir novas fibras mais sustentáveis nas coleções”.

No âmbito da moda circular, a marca lançou também no ano passado “o denim mais sustentável do mundo, com o nível Cradle to Cradle CertifiedTM nível platina. Para obter esta qualificação é necessário que a fabricação seja feita com recursos 100% renováveis, que seja totalmente reciclável e que impulsione novos avanços na moda sustentável”.

A C&A recebeu também a aprovação da iniciativa Science Based Targets (SBTi) para a redução das emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) em 30% em todas as áreas, juntando-se ao grupo de organizações que trabalham para manter as temperaturas globais médias do planeta abaixo de um aumento de 2°C.

Neste domínio, a marca refere que “em apenas um ano, a C&A reduziu as emissões dos alcances 1 e 2 em 9,5% quando, comparado com a linha de base de 2018, enquanto as emissões da cadeia de abastecimento (Alcance 3) foram reduzidas em 4,3%”.

Busquets Gonzalez garante estar convencido de que “a liderança da indústria em sustentabilidade é mais crítica do que nunca. E agora que o cronograma para a nossa estratégia de sustentabilidade para 2020 está a chegar ao fim, estabeleceremos metas ainda mais ambiciosas para o futuro”.

Estratégia de sustentabilidade aplicada em Portugal e Espanha

Recentemente, a C&A partiu para uma colaboração com a ClimatePartner para compensar as emissões de carbono emitidas nas 115 lojas de Portugal e Espanha. Para isso, a empresa calculou todas as emissões de CO2 que geradas, tanto nas lojas, como nos escritórios, no centro de distribuição e no deslocamento dos funcionários, e vão compensar as mesmas através do reflorestamento de campos degradados no Guanaré, Uruguai, em floresta útil.

Sobre esta iniciativa, Domingos Esteves, diretor geral da C&A de Espanha e Portugal, adianta que “este projeto piloto lançado em Espanha e Portugal se insere na nossa estratégia global de sustentabilidade para a empresa. O nosso maior compromisso é fazer da sustentabilidade uma norma, não só através das nossas coleções (…), mas também vendo isso refletido na nossa cadeia de valor e operações”.