Quantcast
Retalho

Acionistas da Fundação Jerónimo Martins aprovam lógica de partilha de lucros

Acionistas da Fundação Jerónimo Martins aprovam lógica de partilha de lucros Direitos Reservados

Os acionistas da Fundação Jerónimo Martins votaram a favor da possibilidade de dotar anualmente a fundação com até 40 milhões de euros provenientes dos resultados líquidos ou das reservas livres existentes.

A proposta, apresentada pelo Conselho de Administração de Jerónimo Martins à Assembleia Geral de Acionistas, foi aprovada com 550 milhões de votos a favor, de acordo com o comunicado de imprensa enviado às redações.

 

“Trata-se de uma aprovação inequívoca e muito expressiva da lógica de partilha de resultados com as demais partes interessadas para além dos acionistas que a criação da Fundação representa, no âmbito da responsabilidade empresarial de Jerónimo Martins”, salienta o comunicado.

A Fundação foi instituída no passado dia 19 de março com uma dotação inicial de 40 milhões de euros e tem como objetivo desenvolver a sua missão junto dos colaboradores do Grupo e respetivas famílias e, complementarmente, da comunidade em geral, no que toca a dar resposta a situações de vulnerabilidade socioeconómica.

 

Jerónimo Martins cria fundação e investe 40 milhões de euros

 

Não perca informação: Subscreva as nossas Newsletters

Subscrever