Marcas

Pingo Doce e Continente no top das marcas nacionais mais valiosas

Pingo Doce e Continente no top das marcas nacionais mais valiosas

A EDP é a marca nacional mais valiosa, com um valor estimado em cerca de 2 302 milhões de euros. A conclusão é da OnStrategy, que acaba de divulgar o seu ranking anual das marcas portuguesas com maior valor financeiro. Do top três das marcas mais valiosas fazem ainda parte a Galp, com um valor de 1 332 milhões de euros, e a Jerónimo Martins, com um valor de 923 milhões de euros.

O top cinco do ranking das marcas portuguesas mais valiosas fica completo com o Pingo Doce, com um valor financeiro de marca de 847 milhões de euros, e a TAP, que atinge os 733 milhões.

EDP é a marca portuguesa mais valiosa

As posições seguintes são ocupadas por marcas dos setores da banca e das telecomunicações. O Millennium BCP alcança o sexto lugar (683 milhões de euros) e o BPI ocupa a nona posição (428 milhões de euros). Os sétimo e oitavo lugares são ocupados pela MEO (564 milhões de euros) e pela NOS (465 milhões de euros), respetivamente.

João Baluarte, Partner da OnStrategy e responsável pelo estudo, afirma que “a publicação deste estudo é uma homenagem às marcas portuguesas. Em termos de resultados, podemos afirmar que a dimensão das maiores empresas portuguesas e a sua exposição a outros mercados, justificam os seus resultados. Em termos sectoriais, verificamos um predomínio das Utilities, Distribuição e Banca”.

A completar o top 15 das marcas que mais se destacam na lista das marcas portuguesas com maior valor financeiro fazem ainda parte o Continente, a Caixa Geral de Depósitos, a Sonae, o Grupo Mota Engil, a The Navigator Company e a Delta.