Internacionalização

MDS e CCIP ajudam empresas nos riscos da internacionalização

A MDS, multinacional de origem portuguesa na corretagem de seguros e consultoria de riscos, parceira corporativa da Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa (CCIP), passou a disponibilizar um serviço de análise e avaliação dos programas de seguros das empresas participantes nas missões empresariais da CCIP, com o objetivo de identificar o grau de adequabilidade dos mesmos aos riscos a que estão expostas e as melhores soluções para os minimizar.

Para Mário Vinhas, Deputy Executive Director da MDS Portugal, “a globalização dos mercados e a internacionalização dos negócios trazem consigo novas oportunidades para as empresas. Contudo, cada mercado acarreta uma multiplicidade de riscos decorrentes dos contextos económicos, sociais, legais, regulatórios e políticos específicos. Assim, é necessário que os empresários e gestores assegurem a proteção adequada dos seus ativos de forma a garantir o sucesso das suas operações. Sem uma correta análise desses riscos e a sua mitigação ou eliminação, a sustentabilidade das empresas pode estar em causa”.

Para ajudar as empresas exportadoras ou com operações internacionais, a MDS desenvolveu um serviço de consultoria – due dilligence – que engloba uma análise transversal ao programa de seguros das empresas e que permite identificar se esta está devidamente protegida contra os riscos que enfrenta no mercado de destino. A due diligence visa maximizar a segurança das operações das empresas, otimizando em simultâneo a sua carteira de seguros. Este serviço é agora oferecido às empresas participantes nas missões empresariais da CCIP, sendo o contributo da MDS na promoção das exportações nacionais e internacionalização da economia.

As missões empresariais visam apoiar as empresas no seu processo de internacionalização, potenciando oportunidades de negócio em diferentes mercados. Permitem conhecer o ambiente de negócio de cada mercado, possibilitando reuniões bilaterais com potenciais parceiros de negócio e contactos diretos com parceiros locais de referência, entidades governamentais, principais operadores de mercado no sector de cada empresa, concorrência e perfil dos consumidores.

Política de gestão de risco é crítica
As empresas portuguesas enfrentam riscos crescentes nos seus processos de exportação e internacionalização, que podem colocar em causa a sua sustentabilidade caso não sejam devidamente mitigados e transferidos para um segurador.

Entre os principais riscos associados à exportação e à internacionalização que as empresas têm de ter em atenção e proteger estão: Legais e Regulatórios; Políticos; Continuidade do Negócio; Colaboradores; Crédito; Responsabilidades diversas; Entrega dos produtos; Cyber Risk; Perdas cambiais; Transferência de divisas; Políticas Aduaneiras ou Defesa da Marca e da Propriedade Intelectual.

No âmbito da due diligence, a MDS analisa a política de gestão de risco da empresa e avalia o grau de adequabilidade do programa de seguros existente à necessária transferência dos riscos, tendo por base a realização de um gap analysis às condições contratuais das apólices. As apólices em vigor são avaliadas tendo em conta as especificidades de risco operacional relacionado com a atividade desenvolvida. Como resultado, a MDS propõe um programa conceptual de seguros otimizado, alinhado com a estratégia de gestão de risco da empresa.

“Com um programa global de seguros gerido a partir de Portugal, em estreita articulação com especialistas internacionais, na MDS garantimos o cumprimento da regulamentação de cada país, a integridade e uniformidade das coberturas, um maior controlo da gestão e uma maior eficiência de custos”, adianta Mário Vinhas.

Pedro Magalhães, diretor de Relações Internacionais da CCIP, realça que “este novo serviço de consultoria que a Câmara de Comércio passa a disponibilizar aos participantes nas missões empresariais que organiza, através desta parceria com a MDS, é mais um passo no percurso que temos vindo a fazer de apoio à internacionalização das empresas portuguesas, seja ajudando-as a abrir novos mercados, a adquirirem as competências necessárias para o fazer ou a sensibilizá-las para a importância de identificarem e minimizarem os riscos que qualquer tipo de operação internacional envolve”.

No âmbito do protocolo existente, a MDS disponibiliza também às empresas associadas da CCIP, consultoria e soluções de seguros de crédito e de employee benefits, nomeadamente seguros para expatriados, de saúde, assistência em viagem, repatriamento, e seguros na área dos novos riscos, como o risco ciber ou o ambiental.