Consumo

Marcas de fabricante continuam a crescer acima das marcas próprias

Comissão Europeia quer maior transparência na comunicação de preços na cadeia de abastecimento

Os Bens de Grande Consumo (BGC) registaram um crescimento de 2,5% entre 2 e 29 de janeiro. No período em análise, as marcas de fabricante (2,6%) voltaram a crescer acima das marcas da distribuição (2,3%) apesar de apresentarem uma evolução cada vez mais semelhante.

Durante este período, o segmento de Alimentação apresentou um crescimento de 2,5%, com as marcas de fabricante e as marcas da distribuição a apresentarem evoluções de 2,5% e 2,6%, respetivamente.

As Bebidas, por sua vez, registaram um crescimento de 2,7%, sobretudo por força das marcas de fabricante, que registaram um incremento de 3,9%. Aqui, as MDD perderam 2 pontos percentuais.

Higiene do Lar, por sua vez, voltou a crescer (3%), depois de vários períodos consecutivos em queda. As marcas de fabricante cresceram 4,9% e as MDD apresentaram um resultado negativo, com uma quebra de 1,2%.

Higiene Pessoal, por fim, cresceu 1,7 pontos percentuais, impulsionado pelas marcas da distribuição, que registaram um incremento de 6,8%, enquanto as marcas de fabricante cresceram apenas 0,1%.

1 Comment