Consumo

Marcas de Fabricante voltam a crescer acima das Marcas da Distribuição

Marcas de Fabricante voltam a crescer acima das Marcas da Distribuição

Os Bens de Grande Consumo (BGC) registaram um crescimento de 2,8% em 2018, com vendas de 9 mil milhões de euros. Ao longo do ano, as Marcas de Fabricante (3,3%) voltaram a crescer acima das Marcas da Distribuição (1,9%)

De acordo com os dados publicados esta sexta-feira (25 de janeiro) pela Nielsen, na última quadrissemana de 2018, os BGC cresceram 1%, com as MdF a crescer quase dois pontos percentuais (1,9%) e as MDD a cair 1%.

Ao longo de 2018, a categoria de Alimentação foi a que apresentou maior dinamismo, com um crescimento de 3,1% – as Marcas de Fabricante cresceram 4,1% e as Marcas da Distribuição avançaram 1,6%. A categoria de Bebidas, por outro lado, cresceu cerca de 2,8%, com as MDD a crescerem 4,3% e as Marcas de Fabricante a crescerem 2,5%.

Na Higiene do Lar o crescimento de vendas de 2018 foi de 2,9%, com as Marcas de Fabricante a apresentar um crescimento de 4,4%. Aqui, as Marcas da Distribuição caíram cerca de 0,4%. Na Higiene Pessoal, o crescimento foi de 1,3%: as Marcas da Distribuição cresceram 4,2% e as Marcas de Fabricante registaram um ligeiro aumento de 0,4%.