Retalho

Só 23% dos consumidores preveem fazer todas as suas compras online em 2030

Só 23% dos consumidores preveem fazer todas as suas compras online em 2030

Como será o retalho em 2030? Será que as lojas físicas irão desaparecer? E os consumidores, como irão realizar as suas compras? Foi para responder a estas questões que a consultora Frost & Sullivan e a Dassault Systèmes se juntaram, revelando que apenas um em cada quatro consumidores (23%) preveem fazer todas as compras online em 2030.

De acordo com o estudo, a maioria dos consumidores acreditam que continuarão a recorrer a lojas físicas para realizar as suas compras, contudo, acreditam que estas lojas serão bastante diferentes do que estamos habituados. Segundo os inquiridos, as lojas físicas passarão a contar com tecnologias como a realidade aumentada e a realidade virtual para melhorar experiência dos clientes.

O estudo diz também que as lojas passarão a adaptar os seus negócios para ir ao encontro das tendências tecnológicas e para sobreviver à transformação digital, defendendo que será a integração entre a experiência física e a experiência digital a fórmula para o sucesso.

Assim, a maioria dos consumidores inquiridos acreditam que as lojas já não serão locais de exposição de produtos, mas sim locais que oferecem experiências imersivas que não estão disponíveis online.

Para responder a todas estas mudanças, o setor logístico também terá de se adaptar, com os inquiridos a preverem que sejam robots a reabastecer os stocks das lojas e a procurar os produtos solicitados pelos clientes.

Outra das tendências identificadas pelo estudo é a personalização, com a maioria dos inquiridos a acreditar que os retalhistas passarão a personalizar os produtos para ir ao encontro das exigências dos consumidores.