Economia

Comércio lidera intenções de contratação para 2019

Jerónimo Martins e Sonae sobem no ranking dos maiores retalhistas do mundo

Os setores do Comércio Grossista e Retalhista (+15%) e de Fornecimento de Eletricidade, Gás e Água (+14%) são os que mais pretendem contratar novos colaboradores no próximo ano. A conclusão é do estudo ‘ManpowerGroup Employment Outlook Survey’ para o primeiro trimestre de 2019 e indica que setores como o de Transportes, Logística e Comunicações também preveem contratar ativamente ao longo do próximo ano.

O estudo prevê uma criação líquida de emprego de cerca de 9% para Portugal, revelando que as empresas nacionais mantêm um ritmo de contratação positivo. “Considerando a totalidade dos setores analisados no estudo, todos eles antecipam um crescimento da contratação durante o primeiro trimestre do ano. Para além dos setores já mencionados, o setor de Finança, Seguros, Imobiliário e Serviços projetam intenções positivas de +13%. Em contraponto, as empresas dos setores Público e de Restauração e Hotelaria, reportam as projeções mais moderadas, de +4%”, acrescenta a Manpower.

A análise geográfica mostra também que os empregadores das regiões Norte e Centro contam aumentar as suas equipas durante o próximo trimestre, reportando previsões de crescimento líquido de emprego de 11%. Na região Sul, por outro lado, as perspetivas são menos positivas, com as empresas a mostrarem não terem intenção de contratar novos trabalhadores, um recuo de 18% relativamente às intenções face ao trimestre homólogo. “Na região da Grande Lisboa, espera-se uma atividade de contratação moderadamente otimista com uma projeção de +9%, uma melhoria de 3% face ao trimestre anterior. Esta é uma tendência também demonstrada pelos empregadores na área do Grande Porto, onde se mantém uma tendência de contratação positiva, de +10%”, acrescenta a empresa.

Ficamos ainda a saber que as Grandes Empresas são as que esperam maior aceleramento no ritmo de contratações (+24%), um sentimento partilhado pelas Médias e Pequenas Empresas, que também fazem projeções positivas, de 17% e 7%, respetivamente.

Raúl Grijalba, Mediterranean Regional Managing Director da ManpowerGroup sublinha que, “depois de um ano marcado por um aumento significativo nas intenções de contratação, é natural que haja uma tendência de estabilização, o que está refletido nas projeções do ‘ManpowerGroup Employment Outlook Survey’ para o primeiro trimestre de 2019. Ainda assim, as perspetivas são animadoras, uma vez que as empresas continuam a precisar de mão-de-obra adicional, apesar das dificuldades em encontrar candidatos com as competências necessárias. Por isso mesmo, consideramos que em 2019 o grande desafio será encontrar um equilíbrio certo entre as capacidades dos candidatos e as novas exigências do mercado de trabalho.”