Quantcast
Retalho

IKEA inverte espírito da “Black Friday”

IKEA

O Grupo Ingka anunciou que este ano inverterá a dinâmica da Black Friday, com o objetivo de ir ao encontro das necessidades dos clientes e inspirar uma filosofia de economia circular.

Nos 77 anos de história, esta é a primeira vez que, em vez de vender, as lojas IKEA em 27 mercados irão comprar de volta peças de mobiliário da marca, aos seus clientes. O objetivo é dar uma segunda vida e uma nova casa a estes produtos indesejados, com pouca utilidade ou que se tornaram irrelevantes, através do seu reaproveitamento para venda em segunda mão.

A campanha #BuyBackFriday irá decorrer de 24 de novembro a 3 de dezembro, e é uma das ações que o Grupo Ingka está a implementar, de forma a transformar o seu negócio e a promover serviços circulares e de consumo sustentável, em parceria com os seus clientes. Por cada venda, o cliente receberá um Cartão Presente IKEA a ser usado em qualquer loja IKEA Portugal no prazo de um ano da data da sua entrega. O valor de compra dependerá do tipo de artigo e do seu estado de conservação, podendo ir até 50% do preço original do produto. No período da campanha #BuyBackFriday, os membros IKEA Family que venderem os seus móveis IKEA, além do valor que lhes for atribuído, recebem ainda 50% adicional desse valor.

IKEA_Back_Buy_Friday

“Queremos oferecer aos nossos clientes soluções e alternativas sustentáveis para os artigos que já não precisam, mesmo que tenham sido úteis, funcionais e ajudado a criar memórias ao longo dos anos. Atualmente, estamos a explorar novos modelos de negócio para desenvolver ofertas comercialmente viáveis, atribuindo um ciclo de vida mais longo benéfico para os produtos, desde o momento de compra ao momento que perde relevância nas nossas casas. Mais do que uma compra por impulso de artigos de que na verdade não precisamos tanto, durante a ‘Black Friday’, queremos ajudar os clientes a dar uma segunda vida aos seus móveis e a adotar um consumo mais responsável.”, refere Helena Gouveia, diretora de marketing da IKEA Portugal.

A campanha “Buy Back Friday” faz parte da estratégia do Grupo Ingka para tornar a IKEA numa empresa com um negócio circular, com impacto positivo no clima até 2030. Atualmente, 45% do total das emissões globais de dióxido de carbono vêm da forma como o mundo produz e usa os produtos do seu dia a dia, incluindo os produtos para a casa. Deste modo, a campanha representa uma oportunidade de abordar o consumo insustentável e o seu impacto nas alterações climáticas, no dia mais consumista do ano.

Ana Barbosa, responsável de sustentabilidade da IKEA Portugal, que irá estar no inRetail da revista DISTRIBUIÇÃO HOJE, a realizar nos próximos dias 9 e 10 de novembro, salienta que a visão da IKEA “sempre foi criar um melhor dia a dia para as pessoas, o que agora significa tornar uma vida sustentável fácil e acessível para todos. Ser circular é uma boa oportunidade de negócio, bem como uma responsabilidade, e a crise climática exige que todos nós repensemos radicalmente os nossos hábitos de consumo. Mas só conseguiremos alcançar uma economia circular com investimento e a colaboração dos nossos clientes, outras empresas, comunidades locais e governos, para que possamos minimizar resíduos, criando um ciclo de reparação, reutilização, transformação e reciclagem”.

De referir que no ano passado, o Grupo Ingka deu uma segunda vida a 47 milhões de produtos recuperados, reembalando e revendendo produtos nas lojas IKEA.