Quantcast
Retalho

Worten só online em Espanha

Worten

A Worten Espanha decidiu encerrar a atividade comercial da sua rede de 50 lojas espalhadas em solo espanhol, após o esclarecimento dado pelo Secretário de Estado do Comércio do Ministério da Indústria, Comércio e Turismo, depois da realização de uma conferência setorial com as Comunidades Autónomas.

Assim, a Worten assume as diretrizes ministeriais e manterá operacional o comércio eletrónico para atender os seus clientes, além do serviço pós-venda pelo e-mail client@worten.es, respeitando todos os prazos legais.

O canal online e omnichannel é, de resto, uma estratégia prioritária para o desenvolvimento futuro das operações comerciais da Worten no mercado espanhol, no âmbito da estrutura organizacional implementada pelo grupo Sonae.

O esclarecimento emitido pelo Ministério da Indústria, Comércio e Turismo sobre o comércio retalhista de eletrodomésticos foi baseado numa pergunta das comunidades autónomas sobre se esses produtos eram considerados essenciais. O Secretário de Estado do Comércio decidiu que “os produtos eletrónicos e tecnológicos não se encaixam no artigo 10. As lojas de eletrodomésticos não podem ser abertas ao público. No entanto, a reparação é permitida. Se a reparação não for possível, poderá ser comprado um novo artigo online, mas não num centro aberto ao público

Outras comunidades autónomas comentam, neste momento, que o maior problema da entrega online é o tempo de entrega.

O Decreto Real 463/2020, de 14 de março, que declarou estado de emergência para a gestão da situação de crise de saúde causada pelo COVID-19 na Espanha, estabeleceu no seu artigo 10.1 uma exceção, entre outros, para estabelecimentos de retalho de equipamentos tecnológicos e de telecomunicações, comércio pela internet ou telefone, decisão recentemente revista pelo Ministério da Indústria, Comércio e Turismo.