Quantcast
Consumo

Verão de 2021 marca recuperação de consumo com cartões em Portugal

O consumo realizado com cartões (total das operações: compras físicas + levantamentos na Rede Multibanco), entre 1 de julho e 15 de setembro, aumentou 12% em comparação com o ano passado e 3% face a 2019.  A conclusão é da 3.ª edição da infografia “As Férias em Portugal 2021”, promovido pela SIBS, em parceria com o Turismo de Portugal.

No que se refere apenas aos consumidores portugueses, o valor das operações com cartão aumentou 9% em comparação com 2021 e 6% face a 2019. A maior variação foi no consumo dos turistas estrangeiros: mais 47% face ao período homólogo. No entanto, ainda ficou a 18% de alcançar os valores em 2019.

 

O peso do valor das operações de cartões estrangeiros em Portugal no total de compras situou-se, este verão, nos 10%. Em 2020 este peso não passou dos 7% e em 2019 estava nos 13%. Os cartões franceses representaram 33% de todas as operações com cartões estrangeiros, seguidos pelos espanhóis (13%) e os britânicos (11%).

No âmbito das viagens, as operações com cartões nacionais no estrangeiro cresceram 60% face a 2019. Embora ainda esteja inferior em 20% face aos valores de 2019.

Os setores associados ao turismo (alojamento, lazer, restauração e transportes) notaram um crescimento de transações em mais de 37% face ao verão do ano passado. Os gastos em Portugal nestes setores já praticamente recuperaram os valores pré-pandemia, registando-se uma variação homóloga de apenas -1% no consumo face a 2019*.

O aumento do consumo com cartões por regiões foi liderado pela Madeira (+26%). Os Açores (+19%) e o Algarve (+18%) também notaram um aumento face a 2020. Com a exceção de Lisboa e Vale do Tejo, a tendência de recuperação no valor das operações verifica-se praticamente em todas as regiões.

Os concelhos com maior aumento em comparação com 2019 são Porto Santo (+26%), Santa Maria da Feira (+14%), Angra do Heroísmo (+13%) e Guimarães (+10%).

*Gastos feitos pelos estrangeiros nos seus países de origem para compra de pacotes de viagens para Portugal não são capturados nesta análise.