Quantcast
Tecnologia

Rede global que liga trabalhadores qualificados chega a Portugal

TaskRabbit

A TaskRabbit, rede global que liga trabalhadores qualificados (taskers) com pessoas que procuram ajuda para realizar as suas tarefas domésticas, anunciou a sua entrada no mercado português. O serviço estará disponível a partir desta quinta-feira (19 de novembro) em Portugal Continental, através de uma aplicação móvel, plataforma online e nas lojas IKEA em Lisboa, Matosinhos, Braga e Loulé.

No âmbito da sua estratégia de crescimento internacional, Portugal é o sétimo país onde a TaskRabbit, com sede nos Estados Unidos, lança os seus serviços. Em comunicado, a empresa explica que identificou Portugal como “um país chave para a sua expansão global, devido ao forte ecossistema de start-up do país e à sua cultura centrada na comunidade, que está intimamente alinhada com os valores da empresa”. A TaskRabbit também investiu num centro outsourcing para apoio ao cliente para os mercados europeus, localizado no Porto.

“Temos grandes expectativas para o nosso crescimento em Portugal e demonstramos isso com um lançamento a nível nacional desde o primeiro momento, algo que é a primeira vez que a TaskRabbit faz”, disse Ania Smith, CEO da TaskRabbit.

“Há muitos trabalhadores qualificados em Portugal à procura de novos clientes ou de expandir os seus negócios”, frisa a responsável, acrescentando que “já temos mais de 4500 taskers registados na plataforma”.

No mesmo comunicado, a empresa explica que este serviço propõe-se a ajudar a criar oportunidades de trabalho, “permitindo que as pessoas construam os seus próprios negócios e consigam um rendimento extra, ao mesmo tempo que oferece uma experiência transparente e fácil de navegar para os clientes, para que eles possam reservar as tarefas pretendidas rápida e facilmente”.

De acordo com os dados divulgados pela TaskRabbit, mais de 1 milhão de clientes utilizaram a plataforma e os taskers registados ganharam mais de 130 milhões de euros, só no ano passado.

“São os taskers que definem as suas próprias tarifas e, normalmente, conseguem auferir mais do que o dobro do salário mínimo local. Desta forma, a TaskRabbit prevê que a remuneração dos taskers em Portugal seja, em média, de cerca de 12 euros por hora”, explica em comunicado.

De acordo com a empresa, os taskers voluntários também podem prestar serviços gratuitamente, para as pessoas das suas comunidades. Para além disso, durante a pandemia, a TaskRabbit está a reembolsar o valor dos Equipamentos de Proteção Individual, por forma a garantir que estas pessoas tenham o equipamento necessário para realizar suas tarefas em segurança.

Em Portugal, a TaskRabbit irá proporcionar o acesso a uma vasta variedade de serviços, em mais de 50 categorias, incluindo pequenas reparações domésticas, limpeza e canalização. Os serviços de montagem de móveis IKEA estão disponíveis nas cinco lojas físicas em Portugal e nas lojas online, permitindo que os clientes possam obter a montagem de móveis nas suas casas.

“Ao oferecer soluções acessíveis e de baixo custo e serviços relevantes – agora através da TaskRabbit – continuamos a ajudar as pessoas a criar uma casa melhor para si e para as suas famílias”, começa por referir Helen Duphorn, country retail manager da IKEA Portugal. “Os nossos clientes terão acesso a uma ampla oferta de serviços de montagens de móveis de alta qualidade e preços acessíveis, ao mesmo tempo que são criados mais empregos em Portugal”, conclui.

Para descobrir e contratar taskers nas suas comunidades locais, pode visitar o site TaskRabbit, ou descarregar a aplicação TaskRabbit no seu telemóvel.