Pagamentos

Pagamentos ‘contactless’ ficam nos 50 euros

‘Contactless’ continua a crescer como desconfinamento

Os pagamentos “contactless” até 50 euros tornaram-se hoje, 13 de julho, permanentes.

De acordo com uma decisão do Banco de Portugal (BdP), comunicada em nota no site da entidade reguladoras, os consumidores vão poder continuar a utilizar a tecnologia contactless para efetuar pagamentos presenciais até 50 euros sem introduzir o PIN.

Recorde-se que o montante máximo para pagamentos realizados com a tecnologia contactless, sem necessidade de introduzir o PIN, tinha passado de 20 euros para 50 euros, em 25 de março de 2020,

Esta alteração surgiu em resposta à evolução da pandemia de COVID-19, num contexto de incentivo ao uso de pagamentos “sem contacto”, e ‘conquistou’ comerciantes e consumidores. Segundo o BdP, “os consumidores passaram a recorrer à tecnologia contactless em cerca de 20% das compras com cartão, praticamente duplicando o nível de utilização existente antes da pandemia”.

“Perante o crescimento registado na utilização desta tecnologia, a comunidade bancária nacional, em articulação com o Banco de Portugal e com a SIBS, decidiu, agora, tornar permanente o limite de 50 euros para a realização de pagamentos contactless sem necessidade de introduzir o PIN”, conclui a nota do BdP.