Retalho

Lidl reforça aposta na sustentabilidade

Lidl reforça aposta na sustentabilidade

O Lidl acaba de publicar o seu 2.º Relatório de Sustentabilidade 2017-2018, destacando as medidas que tem vindo a desenvolver em prol da proteção do nosso planeta, da promoção de estilos de vida saudáveis e do desenvolvimento das comunidades locais. Ao mesmo tempo, a companhia lança uma nova Campanha de Colecionáveis, “Guardiões da Terra”, que pretende promover o tema junto dos mais novos.

A sustentabilidade é um tema estratégico e transversal ao negócio do Lidl que, permanentemente, procura soluções criativas e ganhos de eficiência que possam contribuir para potenciar a missão da empresa, de oferecer produtos de qualidade ao melhor preço, aliando boas práticas ambientais e sociais a toda a sua cadeia de valor.

Esta segunda edição do relatório de sustentabilidade – a primeira foi em 2105/2016 – inclui informação sobre as iniciativas, processos, e os resultados dos 15 temas de sustentabilidade mais importantes para os stakeholders do Lidl.

De referir o Relatório de Sustentabilidade 2017/2018 foi desenvolvido com o objetivo de gerir e avaliar o impacto do negócio Lidl em Portugal, através da cadeia de valor, estruturada em quatro fases: Recursos e Agricultura, Fornecedores e Produção, Operações e Processos e Clientes e Sociedade.

Para Alexander Frech, CEO do Lidl Portugal, a sustentabilidade “permite-nos desenvolver uma cultura de inovação e proximidade da empresa, dado que exige a identificação de soluções criativas, e ganhos de eficiência, o que contribui para potenciar a nossa missão de oferecer produtos de qualidade ao melhor preço, alinhando boas práticas ambientais e sociais na nossa cadeia de fornecimento“.

https://www.distribuicaohoje.com/retalho/lideranca-do-lidl-portugal-muda-de-maos/

De resto, o responsável pela operação da companhia em Portugal destaca ainda o crescimento do sortido, do número de produtos com certificações ambientais e sociais que representam, hoje, 12% do sortido fixo da insígnia. Além disso, “o investimento que continuamos a fazer na compra de produtos portugueses representa cerca de 40% da nossa oferta fixa”, salienta Frech.

No relatório Alexander Frech realça o valor da doação monetária e de bens que cresceu 7% face a 2017, num total de 3,7 milhões de euros; o projeto Realimenta que, de 2017 para 2018, aumentou em 68% o valor dos bens alimentares doados, beneficiando cerca de 60.000 pessoas, em 2018; a procura de soluções para aumentar a eficiência no consumo de recursos e na gestão de resíduos, diminuindo, assim, o impacto sobre o ambiente. Registo para a melhoria na intensidade energética das lojas e no transporte de produtos, evidenciando ainda o facto do Lidl ter sido “a primeira cadeia portuguesa a anunciar o fim da venda de sacos de plástico e de produtos descartáveis de plástico, evitando, desta forma, a entrada futura no mercado de 12,5 milhões de copos e 5 milhões de pratos por ano”.

Assim, integrada na sua estratégia de sustentabilidade e com o principal objetivo de promover um comportamento sustentável junto do público mais jovem, em prol da preservação do planeta, o Lidl lança agora a sua nova campanha de colecionáveis – os “Guardiões da Terra”, sob o mote: a poluição deixou o Planeta Terra doente e, para encontrar uma solução, este convoca os seus amigos “Guardiões” para o ajudarem com os seus poderes.

A Flora, o Gotas, o Solis, a Bia e o Chamas são, assim, os cinco Guardiões, comprometidos em ajudar o Planeta Terra, num total de seis personagens apresentadas em forma de peluche e caneca, que pretendem sensibilizar os mais novos para a importância da proteção da floresta, da limpeza dos oceanos e das praias; da relevância de uma alimentação sustentável e do consumo de produtos Bio; da necessidade de se evitar o desperdício e conservar energia.