Quantcast
Retalho

Donos da Makro compram Aviludo

Aviludo_2

Os alemães da Metro AG, grupo que detém a Makro que atua no mercado grossista e alimentar, comprou a Aviludo, empresa do sector grossista para hotelaria e restauração, com sede, desde 1984, em Quarteira.

A Metro aumenta assim o seu portfólio, juntando, agora, uma empresa que, em 2019, gerou um volume de negócios superior a 150 milhões de euros, chegando a mais de 13.500 estabelecimentos e empresas de norte a sul do país.

Detentora da insígnia Makro, a Metro reforça a sua a aposta no país e no sector grossista, intensificando a sua estratégia com a expansão do negócio de distribuição foodservice. Para além da aquisição do negócio operacional, que engloba os centros de produção e distribuição assim como a frota logística, esta transação inclui também o património imobiliário da empresa.

Na comunicação que anuncia esta aquisição, com ambas as partes a não divulgarem os detalhes financeiros da transação que ainda está sujeita a aprovação por parte das autoridades competentes, a Metro revela “preservar a fórmula de sucesso do grupo Aviludo, incluindo a cultura empreendedora das pessoas, e formará uma aliança estratégica com a Makro criando mais valor para os clientes e para os seus negócios”.

Olaf Koch, CEO da Metro AG, salienta que, “no seguimento da aquisição da Pro à Pro, Rungis Express e Classic Fine Foods nos últimos anos, vamos agora através da aquisição da Aviludo expandir a oferta e serviços para os nossos clientes em Portugal, um mercado que consideramos estratégico. Graças ao forte posicionamento da Aviludo, reforçamos a presença no país e criamos mais valor para os nossos clientes e para os seus negócios de forma a acelerar também o nosso crescimento”.

Do lado da Aviludo, José Ressurreição, co-fundador e CEO da Aviludo, admite ter encontrado na Metro AG “o parceiro ideal para crescer, preservando ao mesmo tempo a fórmula de sucesso da Aviludo e os seus melhores ativos, a cultura de trabalho e as pessoas. Em conjunto com a equipa de gestão da Aviludo, estamos satisfeitos com a perspetiva de trabalhar lado a lado com a Metro AG, e em particular com a Makro Portugal, para construir uma oferta ímpar para a hotelaria e restauração nacional”.

O grupo Aviludo conta agora com mais de 4.000 referências, algumas da sua marca própria Uli, empregando, atualmente, cerca de 850 colaboradores, incluindo uma força de vendas com cerca de 150 profissionais, além de oito plataformas logísticas, incluindo quatro com capacidade de produção e processamento de carnes, e uma frota com mais de 180 veículos.

A Makro Portugal tem 10 lojas e em 2018/19 registou um volume de negócios de 398 milhões de euros.