- Distribuição Hoje - https://www.distribuicaohoje.com -

Cadeia francesa Bio C’ Bon chega a Portugal

A insígnia francesa Bio C’ Bon prepara-se para entrar no mercado português através da holding Benefit Ingredient e planeia investir cerca de 5,5 milhões de euros nos próximos cinco anos. A primeira loja da rede abre “em meados de fevereiro” na Avenida António Augusto Aguiar, em Lisboa, revelou à DISTRIBUIÇÃO HOJE a empresa em primeira mão.

Fundada em 2008, a Bio C’ Bon conta com mais de 150 lojas em França, Itália, Bélgica, Espanha, Japão e Suíça e tem um conceito de lojas de proximidade que vendem apenas produtos biológicos. À DISTRIBUIÇÃO HOJE, Luís Decq Mota, Operations and HR Director da Benefit Ingredient, explicou que em Portugal o conceito será semelhante ao dos mercados internacionais e que os planos da holding passam por abrir 30 lojas no País nos próximos cinco anos, com foco no centro de Lisboa e do Porto.

Cadeia francesa Bio C’ Bon chega a Portugal“Este é um conceito de proximidade, com lojas com áreas entre os 350 e os 600 metros quadrados. Teremos um conceito de mercearia de bairro e produtos totalmente biológicos, alguns dos quais exclusivos da nossa insígnia cá em Portugal e que não se poderão encontrar em mais nenhuma loja. Temos já uma boa fatia de fornecedores nacionais, mas alguns produtos ainda vêm de França e de Espanha”, revelou-nos ainda Luís Decq Mota que diz ainda que nos planos da marca está um reforço do número de fornecedores portugueses a médio prazo.

O Operations and HR Director da Benefit Ingredient explicou também à DISTRIBUIÇÃO HOJE que “a grande mais-valia da Bio C’ Bon passa por termos em todas as lojas uma pessoa formada em naturopatia. A ideia é, além de vender o conceito de proximidade, oferecer uma experiência diferente, mas apoiada em conhecimentos sólidos.”

O responsável avançou ainda que cada loja Bio C’ Bon deverá criar entre sete a dez postos de trabalho e que a médio prazo os planos da holding Benefit Ingredient passam por trazer uma outra insígnia para o mercado português, “um conceito de ‘retalho bazarista’, com lojas com uma área útil que pode chegar aos 1500 metros quadrados. É uma insígnia que já existe e já tem nome, mas que ainda não posso revelar.”

Recorde-se que em março de 2019, também a francesa JusteBio, cadeia de retalho dedicada à venda de produtos biológicos a granel [1], anunciou a entrada no mercado português.