Quantcast
Retalho

Portugueses preferem comprar em lojas que apoiam causas sociais

Mais de metade dos portugueses (64,73%) prefere dar prioridade a compras em empresas que apoiam causas sociais.

Mais de metade dos portugueses (64,73%) prefere dar prioridade a compras em empresas que apoiam causas sociais. A conclusão é do inquérito divulgado, em comunicado, pela Showroomprive.pt, o clube de vendas privadas online especializado em moda e acessórios de marcas.

O inquérito mostrou ainda que 35,27% afirma não se deixar condicionar por esta questão e diz ser fiel às suas marcas favoritas e de confiança, independentemente do seu caráter altruísta.

Perfil dos portugueses

 

Nove em cada 10 entrevistados (94,58%) afirma haver depositado moda alguma vez nos contentores de doação de roupa, sem obter nada em troca. Apenas 5,42% manifesta não haver realizado esta prática de caridade ainda.

Adicionalmente, a pobreza e a desigualdade social (63,77%), a crise económica (61,77%), o avanço da pandemia (55,21%), a emergência climática (51,93%), a violência de género (31,10%) e o racismo (27,82%) são as questões com que os portugueses mais se preocupam**.

 

O Inquérito anual foi realizado com uma amostra representativa da população portuguesa, composta de 700 pessoas portuguesas (50% homens e 50% mulheres) mediante questionário online através da técnica Computer Assisted WEB Interviewing (CAWI) realizada sobre membros de painel online.

**pergunta de resposta múltipla