Quantcast
Economia

Maioria dos portugueses está a conter gastos devido à subida dos preços

Maioria dos portugueses está a conter gastos devido à subida dos preços

O Observador Cetelem Consumo revelou que 72% dos portugueses estão a conter os gastos devido à subida generalizada de preços. São os mais velhos, com idades compreendidas entre os 55 e 64 anos (81%) e os 65 e os 74 anos (80%), as famílias em que o rendimento do agregado é inferior (87%) e os residentes em Lisboa (80%) que mais estão a proceder a tal.

Em comunicado, o Observador Cetelem Consumo informa ainda que seis em cada dez portugueses acreditam que as despesas irão aumentar nos próximos dos 12 meses, especialmente os residentes da região Centro (70%).

 

Por outro lado, 31% tencionam aumentar as poupanças. Face ao inquérito realizado em novembro de 2021, aparenta existir uma inversão da tendência, uma vez que nessa altura 59% pensavam aumentar as suas poupanças nos 12 meses seguintes.

No que respeita às possibilidades dos portugueses atualmente, 35% revelam que querem gastar, mas a maioria destes (26%) diz não ter atualmente os meios para o fazer. Por outro lado, 55% não querem gastar, apesar de 33% terem possibilidades de o fazer. A intenção de gastar é maior junto dos mais novos dos 18 aos 24 anos (44%) e menor entre os mais velhos, dos 65 anos 74 anos (57%).

Metodologia:

 

O inquérito quantitativo do Observador Cetelem foi realizado pela empresa de estudos de mercado Nielsen. Este teve por base uma amostra representativa de 1000 indivíduos residentes em Portugal Continental, com idades compreendidas entre os 18 e os 74 anos de idade. A amostra total é representativa da população e está estratificada por distrito, género, idade e níveis socioeconómicos e conta com um erro máximo associado de +/- 3.1 pontos percentuais para um intervalo de confiança de 95%. As entrevistas foram realizadas telefonicamente (CATI), com informação recolhida por intermédio de um questionário estruturado de perguntas fechadas. O trabalho de campo foi realizado entre 21 de março e 18 de abril de 2022.