Quantcast
Tecnologia

Portugal ‘em queda’ no Ranking de Competitividade Digital

Competitividade

O mais recente relatório de Competitividade Digital, lançado pelo World Competitiveness Center trouxe más notícias para Portugal

O mais recente relatório de Competitividade Digital, lançado pelo World Competitiveness Center trouxe más notícias para Portugal. A economia lusa caiu quatro posições no Ranking do Institute for Management Development, ocupando agora o 38.º lugar entre os países analisados.

Atrás de países como Cazaquistão, Arábia Saudita ou a Malásia, a economia lusa atrasou-se ainda mais num ranking em que Dinamarca se assume como a economia global mais competitiva ao nível do digital e onde os EUA perderam a liderança e passaram a ocupar o 2º lugar.

 

No que toca a Portugal, a classificação explica-se pelo “agravamento da confiança empresarial em aspetos relacionados com a facilidade de recrutamento de talentos com experiência internacional e conhecimento digital, o financiamento de investimentos tecnológicos e a preparação das empresas para responder a choques externos”, referem os analistas do relatório. Por outro lado, Portugal ocupa o lugar mais alto no nível de proteção da privacidade dos utilizadores da Internet garantido pela lei, um novo indicador introduzido no ranking da Competitividade Digital este ano.

“O ranking anual quantificou as capacidades de 63 economias globais para adotar e explorar novas tecnologias digitais, utilizando-as para transformar práticas governamentais, a economia local e global, tal como as suas comunidades. As classificações foram atribuídas com base num total de 54 critérios, que vão desde dados externos (dois terços do total) ao IMD Executive Opinion Survey (um terço), que se divide em três grandes pilares: preparação para o futuro, conhecimentos sobre tecnologia e aplicação dada aos mesmos”, explica-se em comunicado.

 

“Nesta análise, Portugal caiu 4 posições na avaliação global, mas registou melhorias significativas no que toca aos conhecimentos tecnológicos, área onde passou de 32º para 29º classificado. Respetivamente, estas duas categorias são lideradas pela Dinamarca e pela Suíça”, acrescenta-se ainda.