Quantcast
Retalho

Clima de consumo na Europa decresce em novembro

Um estudo divulgado pela GfK Portugal mostra que, tal como no ano passado, o clima de consumo na Europa decresceu face ao mês anterior. Segundo o explicado, estes valores desceram de 21,3 pontos para 16,4.

Esta foi, contudo, uma tendência também verificada no ano passado, em que o indicador apresentou um valor de -13,4 pontos (dados de novembro 2020), sendo que, segundo a consultora, “apesar da variação negativa relativamente ao mês anterior, as expectativas económicas, salariais e a disposição para adquirir algum produto ou serviço apresentaram indicadores positivos”.

 

De acordo com o apurado, “Reino Unido, França e Lituânia registaram as maiores subidas no que diz respeito às expectativas económicas (+5 pontos) que, no geral, variaram em -8 pontos face a outubro. Portugal viu as suas expectativas económicas decrescer 21 pontos, passando a apresentar um indicador negativo (-10 pontos)”.

“Quanto às expectativas salariais, Sérvia e Bulgária registaram as maiores subidas (+9 e +8 pontos, respetivamente), enquanto Portugal caiu 5 pontos face a outubro, mas mantém o indicador positivo (3 pontos)”, acrescenta-se.

 

Já no que toca à propensão para comprar, o indicador caiu face ao mês anterior, apresentando um valor de -3 pontos, com Reino Unido e Croácia a registarem as maiores subidas (+10 e +9 pontos, respetivamente). No caso específico, em Portugal, a predisposição para comprar caiu 2 pontos, mantendo o indicador negativo com -20 pontos.