O Retalhista

Redes Sociais: tanto amamos como odiamos

Redes Sociais: tanto amamos como odiamos

Lembram-se de que temos falado de Design Thinking? Ora só para perceberem a tendência, vejam o que diz Barry Katz da IDEO. Convencidos?

Sempre que falamos de novas tecnologias, o ser humano tem, por tendência a ser positivo. No fundo, gostamos de mudanças. Pelo menos aqueles que em princípio nos trazem benefícios, como a Inteligência Artificial. Mas tudo fica mais “estranho” quando empresas como o Google começam a trabalhar para o Pentágono. E isso que está a gerar algum frisson junto dos trabalhadores. Mas devíamos todos pensar nas consequências que isso pode ter. Ou melhor, será que não o fazem já há muitos anos e só agora veio a público…

Como gostamos de partilhar info, pelo menos O Retalhista não sabia, que a Amazon nos Estados Unidos tem uma zona craft, handmade, “hecho à mano”, ou seja produtos feitos de forma artesanal e personalizada. Caso para a dizer que estamos sempre a aprender.

Voltemos então ao trabalho. Fiquem a saber as tendências que vão marcar os recursos humanos durante este ano de 2018. E vejam como há ofertas de empregos que podem vir através de….mensagens. Sobretudo para os Millennials.

E sabiam que o Instagram criou uma equipa para que as pessoas não se sintam mal ao verem as fotos e vídeos desta rede social. Sim, é mesmo verdade. Isto tudo porque um questionário da Britain’s Society for Public Health indicou que o Instagram é a rede social que mais contribuiu para nos sentirmos mal e até mesmo termos doenças de ordem psíquica. Vale mesmo a pena ler o artigo.

Recordam-se do vídeo da Apple que focamos há umas semanas? Deixamos para o final deste O Retalhista o documentário sobre como este vídeo foi realizado. Vale a pena ver. E deem asas à vossa criatividade. O mundo dos negócios precisa disso.

2 Comments