Pagamentos

INGENICO JÁ CERTIFICA MEIOS DE PAGAMENTO DO FUTURO

Publicidade

O investimento em I&D da Ingenico manifesta-se nas inovações. O Axium D7 e o pagamento seguro em máquinas de vending são dois exemplos.

A Ingenico apresentou em Portugal duas novas soluções: a plataforma de ponto de venda de próxima geração Axium D7 e a integração do pagamento automático em Máquinas de Vending, uma solução inovadora que já existe no Grupo Ingenico mas que em Portugal é novidade.
São dois exemplos da forte aposta na investigação & desenvolvimento, qualidade e segurança deste ator-chave das transacções eletrónicas que dá resposta aos desafios específicos dos ambientes de pagamento.
O grupo francês investe anualmente 8% do volume de negócios em I&D em vários pontos do globo. Veja neste vídeo como a empresa vê os pagamentos no futuro.

Axium D7: para a diferenciação e captação de novas fontes de receita

De volta ao presente, a empresa disponibilizou em Fevereiro, uma plataforma de ponto de venda da próxima geração para digitalizar o negócio de empresas de qualquer dimensão: Axium D7.
A solução foi projetada a pensar na experiência do cliente e permite diferenciar a oferta e captar novas receitas, assegurando em simultâneo a convergência do negócio e dos pagamentos.
Este POS-ECR aceita novos métodos de pagamento sem descurar a estabilidade, os serviços disponibilizados, e a segurança. Com base no sistema operativo aberto Android e no Telium Tetra da Ingenico, dá ainda acesso a um ecossistema completo de soluções para o comércio na cloud. Na prática, o Axium D7 permite a navegação web, a realização de promoções on-line e o acesso a aplicações de programas de fidelização existentes.

O resultado: melhoria das interações com o cliente, criação de novas experiências de compra, mas também, e não menos importante, a gestão das actividades comerciais diárias.
A solução integra ainda com serviços de backoffice – contabilidade, gestão de logística e armazéns, recursos humanos -, mantendo, funções já disponíveis em versões anteriores, como o suporte remoto do terminal e a realização de relatórios.
Através da plataforma é possível descarregar aplicações (API) a partir de marketplaces abertos ou dos bancos adquirentes. As API ligam os POS-ECR inteligentes com os serviços de negócio.

“O Axium D7 permite uma experiência semelhante a um smartphone ou tablet, para ambientes profissionais. Integra perfeitamente aplicativos de negócio existentes em ambientes comerciais sem comprometer a segurança”
Patrice Le Marre, vice-presidente executivo da Unidade de Negócios da Banca e Adquirentes – Ingenico Group.

 

CERTIFICAÇÃO: o reconhecimento da Google

O POS-ECR Axium D7 é o primeiro terminal POS a cumprir os requisitos da Google Mobile Services (GMS) e a executar adequadamente as aplicações Google, incluindo as aplicações da “store”, mas também outras ferramentas genéricas como o motor de busca da Google.
A certificação mundial GMS do terminal atesta que este pode oferecer uma experiência de utilizador semelhante à de um smartphone ou tablet.
Como o Axium D7 é ainda possível fazer cópias de segurança na cloud, para fins de continuidade do negócio e de gestão remota do conteúdo e da configuração dos POS-ECR. A solução está integrada com o Google Play Protect, serviço móvel de protecção contra ameaças. O Axium D7 está também em processo de certificação PCI PTS v5, atualmente o mais alto standard de segurança em pagamentos.

 

Solução para vending que optimiza custos, reduz perdas e aumenta receitas.

A Ingenico está também a trabalhar na integração de pagamentos inovadores, cashless, em máquinas de vending. Em Portugal, a Ingenico firmou uma parceria com a Elecctro (empresa que se dedica ao desenvolvimento de soluções Internet das Coisas (IoT) para ambientes não atendidos) para integrar o pagamento automático em máquinas de vending.

O alinhamento técnico e comercial entre as suas empresas já lhes valeu a primeira certificação atribuída em Portugal da solução de pagamentos com cartão Multibanco para máquinas de venda automática. A solução permite também pagamentos móveis (MB Way). Mas o que permite esta integração? Qualquer máquina de venda automática pode ser inteligente, controlada remotamente e em tempo-real. Acima de tudo, a integração dá resposta a três questões de negócio fundamentais: (i) otimizar custos operacionais; (ii) reduzir perdas; e (iii) aumentar receitas. Além dos pagamentos, a nova solução também emite recibos, pode ser desbloqueada com o cartão de cidadão e detecta movimentos suspeitos.
A informação é transmitida para a empresa com recurso a sistemas de telemetria (informação em tempo real, alertas sobre as máquinas, gestão de rotas e integração com o ERP).

Porque a transformação digital é para todos os negócios.

Artigo patrocinado por