Sustentabilidade

Sacos de papel chegam às lojas Fnac com ilustrações de artistas nacionais

Sacos de papel chegam às lojas Fnac com ilustrações de artistas nacionais

Os sacos de papel chegam esta semana às lojas da Fnac em Portugal para substituir os sacos de plástico, uma medida anunciada pela marca em junho para reduzir o seu impacto no ambiente.

Os novos sacos de papel da Fnac vão apresentar ilustrações inéditas criadas por quatro artistas nacionais: Catarina Sobral, Leonor Zamith, Bernardo Carvalho e João Fazenda. De acordo com a Fnac, o objetivo é que estas ilustrações mudem a cada três meses, sendo a primeira da autoria de Leonor Zamith.

Inês Condeço, Diretora de Comunicação da Fnac Portugal, afirma que “ao disponibilizar três alternativas mais sustentáveis aos nossos clientes, a Fnac pretende não só eliminar o plástico, como estimular o resurso aos sacos reutilizáveis, como forma de reduzir o consumo. E mais ainda, com a adoção desta medida encontrámos novos caminhos para promover a cultura em Portugal”.

Com esta iniciativa, a Fnac pretende também “democratizar e promover a cultura nacional”. Para isso, transformou esta medida ecológica num meio para angariar verbas para ajudar o financiamento de projetos dedicados à resolução de questões culturais, sociais e ambientais. Assim, a marca disponibiliza os sacos de papel por um valor de 10 cêntimos, dos quais 1 cêntimo reverte a favor da Cultura Fnac para o apoio de iniciativas de responsabilidade ambiental e cultural.