Retalho

Dona do Lidl aposta nas novas tecnologias

Exportações do Lidl Portugal atingem os 148,45 milhões de euros

O grupo Schwarz, proprietário das cadeias de distribuição Lidl e Kaufland, acaba de consolidar o seu relacionamento com o Centro Alemão de Pesquisa em Inteligência Artificial (DFKI, sigla em alemão), adquirindo uma participação, tornando-o no primeiro retalhista acionista da DFKI.

O grupo Schwarz explica que trabalhará com o DFKI para desenvolver aplicações baseados em Inteligência Artificial (IA) para o setor do retalho, acreditando que este relacionamento mais próximo ajudará ao “conhecimento relevante da pesquisa” se converta mais rapidamente em “inovações que melhorem os processos operacionais”.

O grupo Schwarz e o DFKI já trabalharam em projetos conjuntos, como no campo de sistemas de assistência linguística e robótica. O DFKI realiza pesquisas no campo da IA há mais de 30 anos, contando entre os 30 acionistas com empresas como Microsoft, SAP ou BMW.